Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1101
Título: Análise espaço-temporal do clima urbano da cidade de Porto Velho,RO
Autores: Tejas, Graziela Tosini
Palavras-chave: Clima urbano
Temperatura de superfície
NDVI
Conforto térmico
Sensoriamento remoto
Data de publicação: 2012
Citação: TEJAS, Graziela Tosini. Análise espaço-temporal do clima urbano da cidade de Porto Velho,RO. 2012. 122 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação Mestrado em Geografia, Universidade Federal de Rondônia - UNIR, Porto Velho, 2012.
Resumo: A finalidade deste trabalho foi realizar uma análise espaço-temporal do clima urbano da cidade de Porto Velho, RO. O estudo foi fundamentado na teoria de análise do Clima Urbano desenvolvida por Monteiro (1976) a partir da compreensão das regiões de interpretação do clima de ambientes urbanos: Insumo, Transformação, Produção e Percepção. Para análise climática regional, dos últimos 29 anos, inserida na região de Insumo utilizou as médias anuais e mensais, desvio-padrão e reta de tendência, por meio dos parâmetros climáticos – pressão atmosférica, temperatura do ar, umidade relativa do ar e precipitação pluvial. Na região de Transformação analisou-se a cobertura vegetal através do Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI). Já na região de Produção verificaram-se as alterações da estrutura térmica espacial urbana. Essas duas regiões utilizaram como ferramenta o sensoriamento remoto, por meio das imagens do sensor TM Landsat-5, dos anos de 1985, 1995, 2006 e 2011, processadas no software SPRING (Sistema de Processamento de Informações Georreferenciadas, versão 5.1.8), desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e seus aplicativos Impima, Scarta e LEGAL (Linguagem Espacial para Geoprocessamento Algébrico). Finalmente para o desenvolvimento da região de Percepção, avaliou-se o conforto térmico em 08 ambientes da área urbana, adquirindo os dados de temperatura e umidade do ar, em 2011, por meio de termo-higrômetros, aplicados nas equações do Índice de Calor e de Temperatura Efetiva. Os resultados obtidos demonstraram que a pressão atmosférica sofre uma alteração anual no mês de julho, devido à entrada ocasional do anticiclone polar (frio e seco), além dos desvios positivos e negativos detectados ao longo da série por conta das anomalias térmicas El Niño e La Niña. O comportamento interanual da temperatura do ar revelou um aumento em até 2°C, e a umidade relativa média do ar também sofreu uma redução em quase 3%, reflexo do intenso processo de urbanização. Outro parâmetro a destacar foi à precipitação pluvial que apresentou uma tendência de redução em até 500 mm, o que pode estar relacionado ao crescimento urbano em face da redução da cobertura vegetal. O estudo temporal da cobertura vegetal revelou uma redução, uma vez, que a classe temática de baixa densidade de vegetação que expandiu da zona central, em 1985, para outras regiões do perímetro urbano, em 2011. Esse avanço se deve ao processo de urbanização, o que favoreceu também o aumento da temperatura do ar, promovendo assim o surgimento de ilhas de calor espaçadas por toda área de estudo, configurando-se assim “arquipélagos de calor”. Verificou-se também a redução das ilhas de frescor que, em 1985 ocupava a área de entorno do perímetro urbano, já em 2011 concentravam-se apenas nos bairros Triângulo, Área Militar (5°BEC), Areia Branca e Nacional. Os resultados, referentes análise do conforto térmico, demonstraram que os períodos críticos percebidos, pelos citadinos, nos ambientes correram principalmente nos horários de 12h e 15h, avaliados como níveis de alerta para a saúde humana. Portanto, podese afirmar claramente que a retirada da vegetação influência no aumento da temperatura de superfície, e configura-se como um dos agentes modificadores do clima regional e local.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado em Geografia da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Geografia. Orientador: Prof. Dr. Dorisvalder Dias Nunes.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1101
Aparece nas coleções:PPGG/PVH - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Graziela T.Tejas_Análise espaço-temporal do clima.pdf42,3 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.