Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1102
Title: A organização do espaço Amazônico e seus reflexos nos lugares: um estudo de caso do Projeto Fundiário Alto Madeira, Setor Periquitos, zona rural de Porto Velho/RO
Authors: Souza, Reginaldo Martins da Silva de
Keywords: Organização espacial
Geoprocessamento
Amazônia
Issue Date: 2012
Citation: SOUZA, Reginaldo Martins da Silva de. A organização do espaço Amazônico e seus reflexos nos lugares: um estudo de caso do Projeto Fundiário Alto Madeira, Setor Periquitos, zona rural de Porto Velho/RO. 2012. 179 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação Mestrado em Geografia, Universidade Federal de Rondônia - UNIR, Porto Velho, 2012.
Abstract: Este trabalho apresenta uma análise do comportamento do Setor Periquitos, PF Alto Madeira, Zona Rural de Porto Velho, diante da organização espacial proposta para Amazônia a partir de 1970. A metodologia adotada é baseada na proposta de análise da organização do espaço geográfico do professor Milton Santos e envolveu a utilização de técnicas de SIG, Sensoriamento Remoto, aplicação de questionários semiestruturados, a caracterização físicoquímica dos solos locais, bem como a caracterização da perda de solos. Os resultados mostram que a formação da sociedade local está relacionada com a ocupação na área de estudo que teve inicio em meados da década de 1970, através de migrantes oriundos das regiões Sul e Sudeste do Brasil, sucedidos no final da década 1990, por migrantes do próprio de estado de Rondônia. A ação do Estado é contraditória, pois ao mesmo tempo em que insere a área de estudo em uma proposta de ordenamento do espaço que incentiva a produção agropecuária, se ausenta da condução do processo produtivo. A atuação do capital na configuração local foi inicialmente conduzida pela atividade agropecuária, que posteriormente, na segunda metade da década de 1990, verificou-se a introdução e o contínuo avanço do capital oriundo da zona urbana. A intensa transformação do meio ecológico observada de 1976 a 2010 resultaram em limitações no uso do solo, que estão relacionadas à suscetibilidade natural a lixiviação, ao aumento da acidificação do solo, erosão e o assoreamento dos cursos de água. O comportamento e as relações estabelecidas pelos elementos do espaço na região amazônica entre 1976 e 2010 influenciaram o processo de organização espacial da área de estudo. Através da ressignificação desses estímulos no local imprimiu uma estrutura espacial ordenada, sobretudo, pelas contradições das ações estatais que oportunamente utilizam a sociedade como força modificadora do meio ecológico a medida que essa estrutura é articulada para o atendimento das demandas do centro urbano de Porto Velho.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado em Geografia da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Geografia. Orientador: Prof. Dr. Vanderlei Maniesi.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1102
Appears in Collections:PPGG/PVH - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Reginaldo M. S. Souza_A organização do espaço amazônico.pdf39,64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.