Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/114
Title: Competitividade e Vantagem Comparativa: análise do desempenho do comércio de carnes bovinas in natura dos países do Mercosul no período de 2001-2009
Authors: Batista, Orli José
Keywords: Competitividade
Carne Bovina
Mercosul
Integração Regional.
Issue Date: 2011
Citation: BATISTA, Orli José. Competitividade e Vantagem Comparativa: análise do desempenho do comércio de carnes bovinas in natura dos países do Mercosul no período de 2001-2009. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós Graduação Mestrado em Administração (PPGMAD) da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR). 126 p. Porto Velho, 2011.
Abstract: Esta pesquisa teve como escopo analisar a o desempenho competitivo das exportações de carnes bovinas in natura dos países partes do Mercosul no período de 2001-2009. Numa abordagem quantitativa, esta pesquisa faz uma análise do tipo ex-post-facto, de natureza aplicada, com fontes secundárias de dados e estratégia documental com utilização de dados do International Trade Centre (ITC) com estatísticas do Commodity Trade (COMTRADE) organizadas pela Organização Mundial do Comércio (OMC) em conjunto com a United Nations Conference on Trade and Development (UNCTAD). Os modelos de análise utilizados foram o índice de Vantagens Comparativas Reveladas (VCR), o Índice de Orientação Regional (IOR) e o Constant Market Share (CMS). Como mercados exportadores foram escolhidos os quatro Estados Partes do Mercosul, desde sua fundação: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Consideraram-se como mercado de destino os principais importadores de carne bovina do Mercosul. Foram escolhidos para análise as subdivisões de quatro dígitos do Sistema Harmonizado (SH) que compõe as exportações de carnes bovinas in natura: Carnes de animais da espécie bovina, frescas ou refrigeradas; Carnes de animais da espécie bovina, congeladas. Os resultados indicaram que os quatro países apresentaram vantagens comparativas reveladas para os dois produtos selecionados em todo o período analisado. Quanto a orientação das exportações os resultados indicaram que as exportações argentinas de carnes de animais da espécie bovina, frescas ou refrigeradas, estão orientada para a UE27 e para o Chile, enquanto as exportações de carnes bovinas, congeladas, estão orientadas para a Rússia, Israel e Venezuela. As exportações brasileiras de carnes bovinas, frescas ou refrigeradas estão orientadas para a OIC, enquanto as exportações de carnes bovinas, congeladas, estão orientadas para OIC, Rússia e Israel. As exportações paraguaias de carnes bovinas, frescas ou refrigeradas estão orientadas para o Chile, enquanto as exportações de carnes bovinas, congeladas, estão orientadas para Rússia, Israel e em 2009 foi orientada também para a Venezuela. As exportações Uruguaias apresentaram pouca orientação regional, entre os principais destinos do Mercosul, destacando-se o Chile, enquanto que as exportações de carnes bovinas, congeladas, foram orientadas para a Rússia e Israel. Na análise de CMS para os dois produtos analisados, os componentes que mais contribuíram para o crescimento foram os efeitos competitividade e o crescimento do comércio mundial, enquanto que o efeito destino das exportações evidenciou exportações para mercados pouco dinâmicos do comércio mundial. As exportações poderiam ser maiores se fossem destinadas a mercados mais dinâmicos do comércio mundial. O desempenho competitivo fica evidenciado com as vantagens comparativas reveladas que demonstraram que Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai são altamente competitivos, em relação à especialização no comércio de carnes bovinas. As variações das exportações de carnes bovinas, frescas ou refrigeradas, que mostraram grandes dependências do mercado da UE27 mostraram que o Mercosul deve melhorar os seus meios de produção como forma de tornar mais atrativas suas exportações para aquele bloco, ou mesmo inserir-se em novos mercados.
Description: Dissertação Apresentada ao Programa de Pós-Graduação Mestrado em Administração da Universidade Federal de Rondônia como um dos requisitos para obtenção do título de Mestre em Administração. Orientador: Prof. Dr. Tomás Daniel Menéndez Rodríguez
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/114
Appears in Collections:PPGA/PVH - Mestrado em Administração (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Batista, Orli José.pdf2,16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.