Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1275
Title: O mal-estar no trabalho de professoras das séries iniciais do ensino fundamental de Porto Velho
Authors: Sampaio, Denise Teodoro
Keywords: Mal-estar docente
Professores
Educação
Ensino fundamental
Issue Date: 2012
Citation: SAMPAIO, Denise Teodoro. O mal-estar no trabalho de professoras das séries iniciais do ensino fundamental de Porto Velho. 2012. 175 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2012.
Abstract: O ensino tem passado, há alguns anos, por um célere processo de profundas transformações. As acentuadas mudanças políticas, econômicas e sociais, que se fazem refletir nas reformas educacionais, vêm introduzindo novos desafios à Educação, especialmente sobre os professores. O professor se depara, assim, com uma realidade múltipla, complexa, exigente e em transformação, a qual tem dificuldade em responder no sentido de cumprir uma série de papéis, vivenciando, o que tem sido denominado de mal-estar docente, expressão que tem sido utilizada para descrever os efeitos permanentes e negativos que afetam a personalidade do professor que surgem como resultado das condições psicológicas e sociais em que se exerce a docência (ESTEVE, 1999a). O mal-estar docente tem sido um assunto usual nas discussões no campo educacional e científico e, diversos pesquisadores têm desenvolvido estudos sobre o tema (AGUIAR, 2006; ARANDA, 2007; ESTEVE, 1999; GONÇALVES et al, 2008; MATOS, 2005; PASCHOALINO, 2007; ZIBETTI, 2008) e estes trabalhos desencadearam muitos outros estudos, em diferentes níveis de ensino. A partir disso, este trabalho teve como objetivo analisar a presença do mal-estar no trabalho de 10 professores das séries iniciais de duas escolas do Ensino Fundamental de Porto Velho. Utilizou-se como metodologia a abordagem qualitativa e como instrumento, entrevistas semiestruturadas e questionário sociodemográfico. O material coletado nas entrevistas foi analisado por meio da técnica de análise de conteúdo. Os resultados encontrados parecem confirmar a presença do mal-estar docente relacionado às mudanças no papel do professor, a desvalorização profissional e os baixos salários, assim como a violência na escola, os quais têm causado algumas manifestações do mal-estar docente. A partir dos resultados pode-se concluir que esses fatores reforçam a presença do mal-estar docente, como resposta às mudanças no processo educacional.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado Acadêmico em Psicologia - MAPSI, da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Orientador: Prof. Dr. Luis Alberto Lourenço de Matos.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1275
Appears in Collections:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Denise T. Sampaio_ O mal-estar no trabalho de professoras.pdf1,38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.