Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1279
Title: Concepções e práticas de recuperação no processo de escolarização: um estudo em Porto Velho-RO
Authors: Souza, Flora Lima Farias de
Keywords: Recuperação de aprendizagem
Psicologia escolar
Escolarização
Ensino fundamental
Issue Date: 2012
Citation: SOUZA, Flora Lima Farias de. Concepções e práticas de recuperação no processo de escolarização: um estudo em Porto Velho-RO. 2012. 158 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2012.
Abstract: A presente dissertação versa sobre a temática da recuperação de aprendizagem, entendida neste trabalho como direito, estabelecido na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB 9.394/96), dos alunos e alunas que não apresentam rendimento escolar suficiente para aprovação na etapa da escolarização em que se encontram. Em levantamento de pesquisas sobre a temática, realizada junto à Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), constatou-se que o assunto tem sido pouco investigado pela academia e os estudos realizados concentram-se no estado de São Paulo e têm se voltado para a análise dos programas especiais de recuperação implantados pelo poder público para atender os alunos e alunas que não obtiveram êxito no sistema de progressão continuada. A pesquisa foi realizada em uma escola pública da rede estadual de ensino em Porto Velho – RO, com o objetivo de investigar as concepções e práticas de recuperação de aprendizagem desenvolvidas nos anos finais do Ensino Fundamental. Do ponto de vista metodológico adotou-se o estudo de caso de abordagem qualitativa fazendo-se uso de análise documental, entrevistas individuais (com professores e coordenadora pedagógica) e em grupo (com alunos de 6º e 7º ano) além de observação participante das etapas de recuperação desenvolvidas ao final de cada bimestre durante o ano letivo de 2011. As observações foram registradas em diário de campo e, posteriormente, sistematizadas em forma de registros ampliados, conforme orientações de Bogdan e Biklen (1994). A partir das contribuições da Psicologia Escolar crítica (PATTO, 2010a; 2010b; SOUZA, 2011), o estudo busca analisar o tema tomando-se em conta os múltiplos determinantes das práticas educacionais tais como, as regulamentações dos documentos oficiais, as condições materiais de funcionamento da instituição e as concepções dos sujeitos que constroem o dia a dia da escola. A análise dos documentos oficiais que normatizam a oferta de estudos de recuperação indica que eles se sustentam em um discurso de descentralização da gestão e progressiva autonomia das unidades escolares. Entretanto, no cotidiano escolar verificam-se formas cada vez mais sutis de controle do trabalho educativo, seja por meio dos resultados das avaliações externas, ou pela construção de rankings comparativos do desempenho das unidades escolares. Por outro lado, as atribuições de responsabilidades às escolas no planejamento e implementação de ações de enfrentamento dos números de reprovação e dos baixos índices de rendimento nas avaliações de desempenho, não são acompanhadas pelos investimentos necessários à garantia de condições para a realização do que foi planejado. Desta forma, conclui-se que as práticas de recuperação desenvolvidas pela escola, ao invés de caracterizarem-se como novas oportunidades de aprendizagem, constituem-se em mecanismos para que sejam alcançadas as médias necessárias para aprovação. E os profissionais e alunos da instituição, embora percebam as limitações dessas práticas, carecem de condições institucionais que oportunizem o enfrentamento coletivo dos problemas escolares de forma que a escola possa cumprir com sua função de garantir acesso aos conhecimentos sistematizados necessários à emancipação humana.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado Acadêmico em Psicologia - MAPSI, da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Orientadora: Profa. Dra. Marli Lúcia Tonatto Zibetti.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1279
Appears in Collections:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flora L. F. Souza_Concepções e práticas de recuperação.pdf2,4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.