Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1285
Title: A inclusão escolar sob a ótica do aluno com surdez: subsidiar reflexões para a psicologia e a educação
Authors: Costa, Maria Freire da
Keywords: Psicologia histórico-cultural
Surdez
Psicologia escolar
Educação especial
Inclusão
Issue Date: 2013
Citation: COSTA, Maria Freire da. A inclusão escolar sob a ótica do aluno com surdez: subsidiar reflexões para a psicologia e a educação. 2013. 127 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2013.
Abstract: Esta dissertação expõe pesquisa que, buscou apontar como a Psicologia na perspectiva Histórico-Cultural pode contribuir com a Educação escolar, para intervir nos processos formativos na Educação Especial e Inclusiva, analisando o processo de escolarização de um adulto surdo que estudou tanto no Ensino Especial como na Escola Regular. A fundamentação teórica teve como base os estudos de Vygotski e Luria que analisaram a constituição psíquica humana, postulando que no homem tal formação estabelece-se socialmente, considerando que a expansão da consciência se dá através da aquisição da linguagem e do legado cultural historicamente acumulado. Esses estudiosos defendiam que tanto a ciência psicológica como a educação podem impulsionar o desenvolvimento das funções psicológicas superiores, através de subsídios às ações pedagógicas conscientes, afirmando que, uma vez adequadas tais práticas o aprendizado das pessoas com surdez seria efetivado. No que se refere ao aspecto metodológico, esta investigação caracteriza-se como pesquisa qualitativa com foco educacional, na modalidade de estudo de caso. Esta escolha investigativa se deu pela possibilidade de analisar em profundidade aspectos teóricos, confrontando o exposto na legislação vigente, com aplicabilidade prática de um caso de inclusão educacional, considerando as interrelações entre os diversos atores escolares ouvintes e o surdo no cotidiano escolar. Os dados foram coletados no Estado do Acre, sendo o colaborador um adulto de 28 anos, com surdez congênita, usuário da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), aluno de uma escola técnica. Para coletar esses dados utilizou-se, como instrumento, entrevistas semiestruturada gravada em vídeo – com a intermediação do intérprete de Libras, análise documental e diário de campo. Os resultados mostrou o enorme desafio desse discente para manter-se no Ensino Regular, dadas as dificuldades de mediação, inicialmente, pela ausência do intérprete; posteriormente, com o intérprete, pela inadequação nas metodologias resultando em um processo de escolarização aquém do proposto pela política nacional de educação inclusiva. Além disso, verificou-se que há uma enorme precariedade na atuação de profissionais da psicologia no sistema educacional acreano; os poucos existentes ainda estão atuando com enfoques na Psicologia clínica, contrariando as discussões nacionais que sugerem práticas mais coletivas e menos biologizantes. Considerando que a Educação escolar é um ato intencional, que a Psicologia Escolar Crítica possui conhecimentos que podem subsidiar práticas pedagógicas concretas, humanizadoras e menos alienantes, é preciso investimento em cursos de formação continuada para os profissionais da Educação Especial e Inclusiva. É preciso que os atores escolares tenham compromisso com uma prática voltada para a educação coletiva social, a fim de refletir práticas inclusivas mais conscientes, adotando subsídios teóricos, que os tornem capazes de confrontar, o discurso ideológico de educação para todos existente numa educação, a brasileira, profundamente excludente; pensando em ações para um discente menos idealizado, mas sobretudo considerando sua inserção sócio-histórico, identificando suas possibilidades de aprendizado, tenha ou não deficiência.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado Acadêmico em Psicologia - MAPSI, da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Orientadora: Profa. Dra. Iracema Neno Cecilio Tada.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1285
Appears in Collections:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria F. da Costa_A inclusão escolar.pdf999,22 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.