Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1325
Título: A indisciplina na escola: um estudo com alunos de escola pública considerados indisciplinados
Autores: Sousa, Suelen Gomes de
Palavras-chave: Indisciplina escolar
Aluno indisciplinado
Psicologia escolar
Escola pública
Data de publicação: 2016
Citação: SOUSA, Suelen Gomes de. A indisciplina na escola: um estudo com alunos de escola pública considerados indisciplinados. 2016. 88 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2016.
Resumo: A indisciplina escolar tem sido foco de várias discussões no campo educacional e também objeto de estudos e pesquisas de outras áreas, como a Psicologia. Muitas pesquisas buscam identificar as causas e o que fazer com o aluno indisciplinado, na maioria das vezes sob a visão do professor. No entanto, é importante refletir sobre os fatores que contribuem para que o aluno tenha atitudes indisciplinadas e não somente culpabilizar esse aluno, sua família, a escola ou adotar medidas paliativas para resolver uma questão complexa que se apresenta há algum tempo no contexto escolar. O aluno considerado indisciplinado precisa ser ouvido. É nesse contexto que se localiza esta pesquisa, que teve como objetivo analisar a indisciplina sob a perspectiva do aluno considerado indisciplinado. A discussão da indisciplina, neste trabalho, é fundamentada numa perspectiva crítica, defendendo a necessidade de entender a indisciplina situada no contexto sociocultural, compreendendo-a não de forma isolada, mas, no conjunto de fatores em que ela se manifesta. A pesquisa está embasada à luz da Psicologia Histórico-Cultural e da Pedagogia Histórico-Crítica, que são consideradas teorias críticas na área da Psicologia e da Educação. Este trabalho se configura com uma abordagem qualitativa, tendo como campo uma escola pública no município de Porto Velho - RO. Foram realizadas entrevistas grupais e individuais com alunos do 6º ano do ensino fundamental, considerados indisciplinados. Os resultados permitiram compreender que a indisciplina na escola é uma resposta à violência da escola para com os alunos, violência essa que se manifesta na falta de estrutura, na falta de materiais didáticos, na secundarização da verdadeira função da escola, que é socializar o saber sistematizado, não gerando sentido pessoal na vida desses alunos. É importante que sejam fomentadas discussões e espaços de diálogos dentro da escola para que a indisciplina seja compreendida em sua essência e, a partir daí, gerar ações pedagógicas com potência para a transformação do cenário atual.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado Acadêmico em Psicologia - MAPSI, da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Orientadora: Profa. Dra. Ana Maria de Lima Souza.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1325
Aparece nas coleções:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Suelen G. de Sousa_A indisciplina na escola.pdf1,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.