Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1430
Título: Inclusão excludente: a experiência do projeto Poronga à luz da psicologia histórico-cultural.
Autores: Nascimento, Élida Furtado do
Palavras-chave: Políticas Educacionais
Psicologia histórico-cultural
Projeto Poronga
Adolescência
Data de publicação: 2016
Citação: NASCIMENTO, Élida Furtado do. Inclusão excludente: a experiência do projeto Poronga à luz da psicologia histórico-cultural. 2016. 184 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2016.
Resumo: Esta dissertação tem como tema a aceleração da aprendizagem no âmbito das políticas públicas educacionais de correção de fluxo escolar implementadas a partir das reformas educacionais dos anos 1990. O programa investigado denomina-se “Projeto Poronga” e funciona na rede estadual de ensino do Acre desde o ano de 2002, em parceria com a fundação Roberto Marinho. O objetivo geral da pesquisa foi investigar as potencialidades e limites desse programa na garantia do direito à educação, enfrentamento da exclusão escolar e acesso aos conhecimentos historicamente construídos. Como objetivos específicos buscou-se: a) identificar as origens e antecedentes do Poronga, a forma como se deu sua implantação e implementação no contexto do projeto educacional do Estado do Acre; b) analisar os pressupostos teóricos que fundamentam o Poronga, principalmente em relação às concepções de sujeito, ensino e aprendizagem; e c) compreender como se organiza e desenvolve o referido projeto no município de Cruzeiro do Sul – AC, bem como o significado deste para as professoras envolvidas. Adotou-se como referencial teórico autores críticos do campo das políticas educacionais, bem como as contribuições da Psicologia Histórico-Cultural e da Pedagogia Histórico-Crítica no que se refere às relações entre aprendizagem e desenvolvimento. A pesquisa, de abordagem qualitativa, foi desenvolvida no município de Cruzeiro do Sul e os dados foram obtidos por meio de análise documental e entrevistas semiestruturadas. Além dos documentos referentes ao Projeto Poronga, foram analisados os documentos oficiais dos governos do Acre no período de 2000 a 2014. Também foram realizadas entrevistas semiestruturas com sete participantes que atuam no Projeto em Cruzeiro do Sul. A análise foi desenvolvida por meio da triangulação dos dados e os resultados indicam vinculação das políticas educacionais desenvolvidos no Estado à ideologia neoliberal na educação, expressa na expansão da escola pública sem qualidade e na abertura do Estado ao terceiro setor no terreno educacional. Ainda se evidenciou que a metodologia do Projeto, fundamentada nas pedagogias do “aprender a aprender”, exerce uma grande sedução sobre as professoras. Os resultados também denunciam que os usuários do Projeto sofrem preconceito e exclusão no interior das escolas em que o projeto funciona e que o acesso à educação como direito de aprender se dá de forma limitada. Conclui-se que a materialização do acesso à escola tem se constituído como uma conquista dos governos do Acre e da sociedade acreana que ampliaram a oferta de educação básica inclusive às populações da floresta, e o Projeto Poronga é um instrumento de acesso à escolarização. No entanto o direito à educação de qualidade como garantia da formação plena do estudante e instrumento de enfrentamento da exclusão social ainda se constitui desafio para a educação no Estado.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado Acadêmico em Psicologia - MAPSI, da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Orientadora: Profa. Dra. Marli Lúcia Tonatto Zibetti.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1430
Aparece nas coleções:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Élida F. do Nascimento_Inclusão Excludente.pdf1,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.