Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1434
Título: Manifestações do sofrimento psíquico: caminhos percorridos por usuários de um ambulatório de saúde mental
Autores: Rodrigues, Ivanildes Santos
Cedaro, José Juliano
Palavras-chave: Saúde mental
Medicalização
Intervenção na crise
Sofrimento Psíquico
Itinerários terapêuticos
Data de publicação: 2016
Citação: RODRIGUES, Ivanildes Santos. Manifestações do sofrimento psíquico: caminhos percorridos por usuários de um ambulatório de saúde mental. 2016. 83 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação Mestrado em Psicologia, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2016.
Resumo: Este estudo foi realizado em um Ambulatório de Saúde Mental que funciona dentro de um Centro de Atendimento Psicossocial – CAPS, no município de Porto Velho/RO. A pesquisa teve como objetivo: 1) conhecer os caminhos percorridos pelos usuários na busca de alívio dos sintomas ou para o tratamento de problemas emocionais (sofrimento psíquico); 2) conhecer as manifestações desencadeadoras do sofrimento psíquico; 3) averiguar as intervenções que foram empregadas no decorrer das tentativas de tratamento e os modelos terapêuticos utilizados pelos usuários para enfrentar o sofrimento psíquico; 4) relacionar o uso de medicamentos e eventuais práticas de automedicação. A pesquisa teve um desenho qualitativo de caráter descritivo e exploratório e os dados foram obtidos por meio de análise de 120 prontuários a respeito das características desses pacientes, os sintomas e principais motivos que desencadearam o sofrimento psíquico, bem como os serviços, exames e profissionais que tiveram acesso. Foram, então, selecionados nove usuários para serem entrevistados. Também foram realizadas entrevistas com nove profissionais da assistência que atuam na unidade de saúde em questão. A partir da transcrição das entrevistas, foi feita análise das informações colhidas, usando como ferramenta a Análise de Conteúdo, gerando quatro categorias: 1) Manifestações do sofrimento psíquico; 2) O que levou ao sofrimento psíquico, 3) Alternativas de tratamento do sofrimento psíquico; 4) O uso de medicamentos (psicofármacos). A idade dos pesquisados variou de 18 a 79 anos, sendo 72% (n=87) concentrados na faixa de 30 a 59 anos, 41 eram do sexo masculino, 79 do sexo feminino. Entre os resultados observamos que na busca pelo alívio para o sofrimento se destacou a escolha pelo tratamento medicamentoso. Quanto à causa, apontaram o estresse, sobrecarga emocional, dificuldades financeiras, problemas no trabalho e na família. Como terapêutica orientada pela instituição verificou-se que persiste o tratamento centrado na doença e tendo no psicofármaco o principal instrumento de intervenção terapêutica.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado Acadêmico em Psicologia - MAPSI, da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Orientador: Prof. Dr. José Juliano Cedaro.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1434
Aparece nas coleções:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ivanildes S.Rodrigues_Manifestações do sofrimento psíquico.pdf1,69 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.