Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1836
Title: Narrativas poético-amazônidas na dromologia do carnaval carioca e paulistano: indigenismo, folclorismo e africanidades religiosas
Authors: Batista, Tiago José Freitas
Keywords: Narrativas
Amazônia
Carnaval
Dromologia
Multilinguagens
Issue Date: 2017
Citation: BATISTA, Tiago José Freitas. Narrativas poético-amazônidas na dromologia do carnaval carioca e paulistano: indigenismo, folclorismo e africanismo religiosas. 2017. 209 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós - Graduação Mestrado Acadêmico em Letras. Universidade Federal de Rondônia - UNIR, Porto Velho, 2017.
Abstract: O objeto desta dissertação foi constituído pelas narrativas poéticas de Escolas de Samba do Rio de Janeiro e de São Paulo em que o norte amazônico tenha sido configurado como o elemento de enredo no ínterim histórico-dromológico que compreende os Carnavais de 1997 a 2016. Esta pesquisa visa ampliar os estudos sobre essa importante celebração brasileira pelo viés da área de Letras/Linguística visto que são raríssimas as abordagens acadêmicas que analisam o Carnaval por essa ótica. Como objetivo geral, foi analisada a Amazônia das narrativas poéticas do Carnaval como resultado de multilinguagens em movimento, extraindo delas posições esclarecedoras que inscrevem a forma carioca de narrar na tipologia bruneriana de violação – com narrativas que fogem do didatismo cronológico e o estilo paulistano na tipologia canônica com narrativas lineares e diacrônicas. Especificamente, foi elaborada uma diacronia carnavalesca e realizado um levantamento sobre as múltiplas identidades do carnaval nas cinco regiões brasileiras. Para esse levantamento, foram utilizados os métodos quantitativos e qualitativos que, mediante os critérios de análise identitários, linguísticos e literários, resultaram na discursividade narrativa de uma Amazônia mística, misteriosa, mágica, um lugar encantado cujo eldorado é verde com aspectos regulares indigenistas, folcloristas e de elementos afro-religiosos. Para esses estudos, o trabalho apresenta teorias de Bakhtin sobre a carnavalização, de Bruner acerca da classificação de narrativas, de Goes e Cunha-Júnior no tocante ao Carnaval, de Dozena a respeito de identidade e pertencimento, de Todorov sobre o maravilhoso, de Canclini quanto à cultura e de Virilio com referência à dromologia. Concluo que o Carnaval, enquanto palco de multilinguagens, gera posições ideológicas entre os sujeitos, que se materializam por meio das formações discursivas: ―Fantástico Literário‖ e ―Imaginário Linguístico‖. Essa luta intersubjetiva abala a fenomenologia em nome de interesses outros, representados, principalmente, por elementos linguísticos constantes na narrativa que representa o enredo das Escolas de Samba. O norte amazônico desse estudo é fruto dessa multilinguagem que narrada pelas agremiações carnavalescas posiciona a Amazônia como ―a dama do universo‖, convidando os expectadores para fazer uma viagem ao ―pulmão do mundo‖, demonstrando que ―o Eldorado é aqui”.
Description: Dissertação de Mestrado, apresentada ao Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Letras da Fundação Universidade Federal de Rondônia – UNIR, como requisito para obtenção do título de Mestre em Letras. Linha de Pesquisa: Estudos de Diversidade Cultural. Orientador: Prof. Dr. Valdir Vegini
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1836
Appears in Collections:PPGL/PVH - Mestrado em Letras (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FINAL 15-08.pdfTiago José Freitas Batista3,75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.