Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1909
Título: Qualidade de vida do produtor familiar: estudo nas associações de produtores do agronegócio leite no município de Ariquemes-Ro
Autores: Carvalho, Kátia Maria Góis de Alencar Setton
Palavras-chave: Agronegócio Leite
Produtor Rural
Qualidade de Vida
WHOQOL
Data de publicação: 2011
Resumo: A qualidade de vida é, hoje sem dúvida, tida como uma alavanca na busca da felicidade e satisfação do ser humano, influenciando as pessoas em diversas esferas, como, por exemplo, na escolha do local de onde morar ou trabalhar. Pode, portanto, contribuir para o surgimento e/ou expansão de cidades de uma forma mais adequada, mais planejada. Considerando a importância que a agricultura familiar tem dentro do Brasil e a pecuária do leite tem para o desenvolvimento de Rondônia, este trabalho visou avaliar a qualidade de vida do produtor familiar beneficiado com tanque de resfriamento de leite pela Superintendência da Zona Franca de Manaus – SUFRAMA, buscando conhecer a realidade desses produtores e descrever as características de sua qualidade de vida segundo a escala abreviada de avaliação da qualidade de vida da Organização Mundial de Saúde e os seus domínios: físico, psicológico, relações sociais e meio ambiente, evidenciando as principais diferenças entre as associações. Apresenta uma revisão sobre os conceitos de qualidade de vida. É uma pesquisa de levantamento, qualitativa, de corte transversal em que as informações primárias foram obtidas por meio de entrevistas estruturadas através da aplicação de formulários. Foi utilizado na pesquisa um instrumento genérico de aferição de qualidade de vida, denominada de WHOQOL-Bref (World Health Organization Quality of Life) desenvolvida pela Organização Mundial de Saúde (OMS). De uma população de 52 produtores, distribuídos em 4 associações, foram aplicados 49 formulários. Os dados obtidos tiveram seus escores pontuados através do programa para base de dados Microsoft-Excel XP. A maior média geral das quatro associações, por domínio, foi alcançada no domínio relações sociais com um resultado de 4,13; o segundo melhor resultado foi no domínio psicológico que chegou a 3,96; o domínio físico foi o terceiro melhor com 3,88 e o de menor score foi o domínio meio ambiente com 3,41. A média geral dos 4 domínios foi 3,84 que não aponta um resultado satisfatório. Das quatro associações estudadas, a Aprodil apresentou resultado insatisfatório nos domínios psicológico e meio ambiente; a Aprulis, no domínio psicológico e no domínio físico; a Apruve apenas no domínio meio ambiente e a Aprueste no domínio psicológico e meio ambiente. Sendo os domínios psicológico e meio ambiente os que requerem maior atenção por obter os menores escores.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação Mestrado em Administração da Universidade Federal de Rondônia, como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Administração.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1909
Aparece nas coleções:PPGA/PVH - Mestrado em Administração (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.