Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1917
Título: Estilo cognitivo de gestores e grau de inovação em restaurantes de Porto Velho - Ro
Autores: Pardo, Mariana Rodrigues
Palavras-chave: Estilos cognitivos
Inovação
Grau de inovação
Micro e pequena empresa
Data de publicação: 2014
Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo apresentar o estudo sobre o relacionamento entre grau de inovação de Micro e Pequenas Empresas do ramo alimentício em Porto Velho e o estilo cognitivo de seus gestores. Para tanto, foi classificado e analisado o grau de inovação de empreendimentos do setor alimentício como restaurantes, churrascarias, pizzarias entre outros na área central da cidade, bem como a identificação do estilo cognitivo do gestor principal, dirigente da pequena empresa. Tendo como referencial os autores Kirton, Gimenez, Sawnhey Wolccot e Arroniz, Bachmann e Destefani entre outros. Foram discutidos e apontados aspectos inerentes a teoria de estilos cognitivos adaptação-inovação de Kirton (1979; 2003), o qual classifica os indivíduos pelo estilo cognitivo adaptador e inovador, a partir da preferência e criatividade na tomada de decisão para resolução de problemas, e, aspectos de inovação e suas taxonomias através de conceitos do Manual de Oslo, assim como gerenciamento e mensuração da inovação na pequena empresa, destacando a metodologia Radar de inovação, o qual enxerga a empresa através de 13 dimensões e as classifica em escala de maturidade definindo os empreendimentos por: pouco inovadores, inovadores ocasionais e inovadores sistêmicos. As referencias utilizadas permitiram apresentar como hipótese de pesquisa que: dirigentes identificados pelo estilo cognitivo mais inovador tendem a buscar soluções que se aproximam de práticas mais inovadoras para a organização, enquanto dirigentes identificados pelo estilo cognitivo adaptador tendem a buscar soluções que se aproximam de práticas menos inovadoras para a organização. A fim de atender a objetivos propostos, como metodologia foi utilizada pesquisa de campo com abordagem quantitativa de natureza descritiva. Os métodos de análise aplicados foram a análise descritiva, análise fatorial e correlação. Os resultados demonstraram que cerca de 68% dos gestores foram identificados pelo estilo cognitivo inovador e 62% dos empreendimentos classificados pelo grau de maturidade intermediário, inovação ocasional. A análise de fator e correlação sugerem que fatores de inovação estão relacionados á fatores de estilo cognitivo, podendo assim confirmar parcialmente a hipótese do trabalho para a amostra pesquisada.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação Mestrado em Administração da Universidade Federal de Rondônia como um dos requisitos para obtenção do título de Mestre em Administração.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1917
Aparece nas coleções:PPGA/PVH - Mestrado em Administração (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO.PPGMAD.2014.MARIANA.PARDO (1).pdf2,62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.