Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1993
Title: Formação docente: sua contribuição para preservação e restauração do patrimônio cultural da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré
Authors: Silva, Marcos Antônio Shreder da
Gurgel, Nair Ferreira Gurgel do
Keywords: Madeira-Mamoré
Formação docente
Educação patrimonial
Issue Date: 2015
Abstract: A prática de abandono do símbolo maior e fundador do estado de Rondônia ganhou proporções alarmantes, chegando ao ponto de não se limitar apenas à destruição do patrimônio material, mas também do imaterial, perpassando, principalmente, pelo silêncio em volta da ideia de pertencimento, memória e identidade de um povo que só passou a existir a partir da construção da lendária Estrada de Ferro Madeira-Mamoré – E.F.M.M. Atualmente, o poder judiciário tem voltado sua atenção a esse processo paulatino de destruição iniciado a partir de 1966, na tentativa de criar medidas protetivas e corretivas, em especial após a grande enchente do Rio Madeira em 2014. No entanto, a educação também pode contribuir de maneira mais significativa, através de um trabalho permanente e sistemático, centrado em uma educação patrimonial, criando conhecimento individual e coletivo, visando à preservação e restauração daquilo que é o sentido de nossa existência enquanto povo. Isso indica que precisamos ir além da elaboração de leis, decretos, portarias e instruções normativas, pois elas não têm se mostrado suficientes para a preservação do patrimônio cultural da E.F.M.M. Dessa forma, elencamos como questão norteadora desta pesquisa: em que medida a formação docente valoriza a educação patrimonial como meio de preservação do patrimônio cultural em Rondônia? A partir dessa questão, foi delineado o objetivo geral: investigar se a formação docente valoriza a educação patrimonial como meio de preservação da história, cultura, memória e identidade do povo rondoniense estabelecido às margens da antiga E.F.M.M. As teorias desta pesquisa são baseadas em Nóvoa (1999), Alarcão (1996), Pimenta (2002), Shön (2008) e Reis (2000), quando se fala sobre a formação do professor, Horta, Grumberg e Monteiro (1999), quando o tema é sobre educação patrimonial, e Ferreira (2005), sobre a Estrada Madeira-Mamoré. Quanto aos sujeitos da pesquisa, dividimos em dois grupos: o primeiro composto por 15 professores que ministram a disciplina de História. O segundo grupo se compõe por 8 sujeitos que usaram a ferrovia ou trabalharam nela, os quais relatam suas experiências e a importância da Madeira-Mamoré para a história do Estado. O lócus da pesquisa compreende os 366 km da extinta ferrovia de seu ponto inicial em Porto Velho até o ponto final em Guajará-Mirim. As escolas foram previamente selecionadas a partir de critérios de importância histórica. A pesquisa de campo foi realizada de fevereiro a maio de 2015. A metodologia adotada se caracterizou por uma pesquisa de abordagem qualitativa-exploratória. Foram usadas como técnicas de coleta de dados a aplicação de questionário e entrevistas. Para verificação dos dados, usamos a análise de conteúdo baseado em Bardin (1979). Chegou-se à conclusão que os professores de História não estão sendo formados para trabalharem a educação patrimonial e que não possuem nem mesmo materiais básicos sobre a temática para atuarem em sala de aula. Dessa forma, a educação como um todo se encontra impossibilitada de realizar um trabalho significativo visando à conscientização junto à sociedade rondoniense sobre a importância de preservar e restaurar patrimônios culturais.
Description: Dissertação apresentada como parte do requisito de aprovação no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação, Mestrado em Educação da Fundação Universidade Federal de Rondônia.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1993
Appears in Collections:PPGE/PVH - Mestrado Acadêmico em Educação (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcos DISSERTAÇÃO.Revisado.Versão final.pdf2,93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.