Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2001
Título: A pedagogia da alternância sob a perspectiva dos estudantes da efa-itapirema de Ji-Paraná
Autores: Valadão, Alberto Dias
Palavras-chave: Pedagogia da Alternância
Estudantes
Análise do Discurso
Sentido
Data de publicação: 2011
Resumo: Desde o seu surgimento na França no início do século XX até os dias atuais, a Pedagogia da Alternância tem frente àqueles que de alguma forma a conhecem, uma avaliação extremamente positiva, visto que tem se configurado como uma proposta educativa na qual a alternância família-escola, escola-família é seu ponto forte, agregador dos princípios teóricos e práticos indispensáveis à formação acadêmica. A Escola Família Agrícola Itapirema de Ji-Paraná, nascida em 1991, adotando como princípio pedagógico os pressupostos da Pedagogia da Alternância, tem como objetivo a educação de filhos de agricultores familiares de Ji-Paraná e micro-região no âmbito agropecuário, ministrando educação integrada Ensino Médio Regular com a Educação Técnica de Nível Médio, com Habilitação em Técnico em Agropecuária. Este trabalho tem como objetivo compreender que sentido esta pedagogia adotada na escola tem para os seus estudantes, na relação com as pesquisas desenvolvidas até hoje no Brasil que indicam uma evidente aceitabilidade pública desta proposta, evidenciando o porquê da importância desta proposta educativa para esta região. Através da Análise do Discurso, a partir dos pressupostos teóricos de Maingueneau (1999), Orlandi (1993, 1999 e 2001), Brandão (1995) e Gabler (2001), investigou-se, a partir dos registros nos Cadernos da Alternância, instrumento metodológico no qual o estudante registra suas expectativas no início do ano e faz considerações no final de cada bimestre, como os estudantes percebem os instrumentos metodológicos específicos da Pedagogia da Alternância na prática educativa em que estão inseridos. Entendemos que o sentido atribuído à Pedagogia da Alternância pelos estudantes proporcionou condições de oferecer subsídios à Coordenação Pedagógica na proposição de encaminhamentos que visem melhorar a dinâmica de funcionamento da EFA- Itapirema, assim como de outros CEFFAs de Rondônia e do Brasil. A partir dos aportes teóricos metodológicos de Vygotsky (1998, 2008), Freire (1990, 1996, 2005) e dos princípios norteadores da alternância, o trabalho sinalizou que os estudantes da escola vivem, de forma plena, as múltiplas complexidades de uma instituição sistêmica; que há confrontos, posto que, às vezes, a veem como arbitrária, mas que, a partir de seus discursos, percebe-se a capacidade de fomentar análises críticas da realidade familiar e comunitária, fruto da prática de uma pedagogia que é pensada e materializada a partir do interesse e da ação efetiva dos que vivem e atuam no campo. Os conflitos vividos e manifestados pelos estudantes são constitutivos desta consciência crítica. Viver o embate entre errar, refletir, reconhecer o erro, assumir uma nova postura, permite, de forma competente, o gerenciamento da vida acadêmica. É neste movimento que se produz a Pedagogia da Alternância, pois, através dos discursos dentro da escola, os estudantes vão construindo a sua realidade como objetos de sua vida e, nesta construção, se constroem como sujeitos.
Descrição: Dissertação apresentada ao Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), como requisito para obtenção do titulo de Mestre em Psicologia.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2001
Aparece nas coleções:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1. Alberto Dias Valadão.pdf601,06 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.