Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2175
Título: A lógica da mineração de dados como estratégia para a pesquisa-ação na educação a distância no contexto Amazônico
Autores: Barbosa, Anabelea Aparecida SIlva
Palavras-chave: Mineração de Dados
Educação à Distância
Ambiente Virtual de Aprendizagem
Pesquisa-ação
Data de publicação: 2017
Citação: BARBOSA, Anabelea Aparecida Silva. A lógica da mineração de dados como estratégia para a pesquisa-ação na educação a distância no contexto Amazônico. 2017. 200 f. :il. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2017.
Resumo: Este estudo investiga como o processo de mineração de dados do AVA pode contribuir para uma intervenção pedagógicas capaz de melhorar o desempenho acadêmico, a partir de uma postura de pesquisa-ação docente nos cursos técnicos de educação a distância ofertados pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia. Para isso, a pesquisa ancorou-se em dois momentos: a mineração de dados do ambiente virtual e a reflexão-ação docente a partir dos dados minerados. O estudo informa que há uma plausível associação entre a pesquisa-ação e a mineração de dados. A mineração pode fornecer dados e informações sobre o processo ensino-aprendizagem registrado no AVA e, por meio da ressignificação do professor na atitude de pesquisa e ação, transformá-lo em conhecimentos capaz de subsidiar a concepção de estratégias de intervenção pedagógica e regulação da aprendizagem. o levantamento decorrente da mineração permitiu observar que em média 40% dos alunos não obtiveram aproveitamento, e que, na sequência, a reprovação em pelo menos uma disciplina ocasionou evasão do curso. A análise descritiva indica que as disciplinas ofertadas influenciam o resultado, pois possuem desempenhos diversos quanto ao quantitativo de interações do aluno com o ambiente virtual, observa-se que existe uma associação média, e quanto maior a interação, melhor o desempenho. O fator localidade interfere no desempenho acadêmico, uma vez que se identificam resultados finais dispares entre os polos, alguns com alta e outros com baixa aprovação. Pela análise preditiva, baseada no registro de frequências, notas nas atividades de percurso e quantitativos de interações , foi possível predizer, com uma acurácia de 93%, o resultado final. na análise docente, os resultados indicam que a principal finalidade de utilização do ambiente virtual pelos professores é a postagem de material e tramitação das aulas. Além disso, identifica-se que a maioria dos professores não tem acesso e não possuem dados que possam subsidiar a reflexão docente. A investigação indica que a postura do professor transita entre professor-espectador e professor-reflexivo. Ainda destaca o uso do aplicativo de mensagens de celular Whatsapp como recurso interativo de pesquisa e produção de saber. A termo, apresenta uma minuta de recomendações pedagógicas de utilização do ambiente virtual com vistas a melhorar o desempenho acadêmico, reforçando a relação entre a mineração de dados AVA e a ação-flexão do professor, e sugere o aprofundamento sobre as contribuições e limitações desse processo na prática pedagógicas na Educação a Distância.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Educação Escolar - MEPE da Universidade Federal de Rondônia - UNIR como requisito final para obtenção do título de Mestre em Educação, sob orientação do Prof. Dr. Fábio Santos de Andrade
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2175
Aparece nas coleções:MEPE/PVH - Mestrado Profissional em Educação Escolar (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO ANABELA BARBOSA.pdf4,85 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.