Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2239
Título: Tributos físicos e químicos do solo diferentes usos e manejos em Rondônia
Autores: Rudnick, Vaneide Araújo de Sousa
Schlindwein, Jairo André
Marcolan, Alaerto Luiz
Palavras-chave: Atividade agropecuária
Pastagens
Mata nativa
Nutrientes
Data de publicação: 2015
Citação: RUDNICK, Vaneide Araújo de Sousa. Tributos físicos e químicos do solo diferentes usos e manejos em Rondônia. 2015. 58 f. Dissertação ( Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional em Meio Ambiente, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2015.
Resumo: As atividades agropecuárias são de suma importância para setor econômico no estado de Rondônia. O histórico de uso e manejo dos solos nestas atividades vem demonstrando certo declínio na produtividade, principalmente nas áreas sob o cultivo de pastagens. Este estudo busca avaliar quais as condições que se encontram os atributos físicos e químicos de fertilidade dos solos com diferentes usos e manejos, em relação à mata nativa. As amostragens foram realizadas no mês de Novembro de 2013, em seis propriedades rurais no estado de Rondônia, compreendendo os municípios de Alta Floresta d’Oeste, Alvorada d’Oeste, Ariquemes, Candeias do Jamari, Rolim de Moura e São Felipe d’Oeste. Em duas profundidades de 0-10 cm e 10-20 cm. Os atributos físicos avaliados foram densidade (Ds), porosidade total (Pt), macro(Map) e microporosidade (Mip), estabilidade de agregados e granulometria (classe textural). Os atributos químicos avaliados foram pH, Al, acidez potencial (H+Al), saturação por alumínio (m%), cálcio (Ca), magnésio (Mg), potássio (K), fósforo (P), capacidade de troca de cátions (CTC) saturação por bases (V%) e matéria orgânica (MO). Os solos avaliados, não apresentaram valores restritivos nos atributos físicos para o crescimento e desenvolvimento das plantas. Os atributos físicos que apresentaram maiores alterações foram à densidade e a macroporosidade. O aumento da densidade e a redução da macroporosidade nos solos em uso com pastagens deve-se a compactação causada pelo excesso de carga animal. Para os atributos químicos avaliados os tratamentos não apresentaram alterações esperadas em relação ao uso e manejo dos solos em relação a mata nativa. Os atributos químicos de modo geral mantiveram suas características intrínsecas de formação. Os solos que apresentaram maior fertilidade natural foram os solos de Alta Floresta d’Oeste e São Felipe d’ Oeste que em relação aos manejos avaliados pouco diferenciaram entre si, todos os tratamentos nestes locais apresentaram atributos químicos considerados adequados para cultivo. Os solos de menor fertilidade natural foram os de Candeias do Jamari e Alvorada d’Oeste que apresentaram valores mais limitantes ao cultivo como maior acidez ativa e potencial, m% mais elevada, menores valores de V% e consequentemente menor valores nos teores de bases trocáveis (Ca + Mg + K), nestes locais os atributos químicos avaliados, de modo geral, apresentaram valores mais elevados nos solos em uso em relação ao solo sob a mata nativa. Observou-se que o uso e manejo dos solos avaliados vêm sendo conduzido sem adoção de técnicas de manutenção e conservação dos solos. O que é preocupante já que sistemas agropecuários provocam um desequilíbrio na manutenção do aporte de nutrientes disponíveis no solo para absorção das plantas, sendo necessária a reposição destes via adição de fertilizantes. A influência do manejo adequado na melhora dos atributos químicos do solo pôde ser observada neste estudo no tratamento P14.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada junto ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, Área de Concentração em Ambiente, Saúde e Sustentabilidade, para obtenção do Título de Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. Orientador: Prof. Dr. Jairo André Schlindwein Coorientador: Prof. Dr. Alaerto Luiz Marcolan
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2239
Aparece nas coleções:PGDRA/PVH - Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO VANEIDE A. de S. RUDNICK.pdf1,9 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.