Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2422
Title: Identificação e caracterização molecular do adenovírus humano em população infantil na região metropolitana de Porto Velho /Rondônia
Authors: Rodrigues, Géssica Tenório
Keywords: Adenovírus Humano
Infecções Respiratórias Agudas (IRA)
Crianças
Porto Velho/ Rondônia
Issue Date: 30-Jun-2016
Citation: RODRIGUES, Géssica Tenório. Identificação e caracterização molecular do adenovírus humano em população infantil na região metropolitana de Porto Velho /Rondônia. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Biologia Experimental, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2016.
Abstract: O vírus Adenovírus Humano (HAdv) é considerado importante causador de infecções respiratórias com amplo espectro e distribuição mundial, essas infecções variam de leve ou assintomática até infecções graves, podendo desenvolver sequelas e óbito, este agente acomete principalmente crianças menores que 6 anos. Portanto este estudo tem como objetivo identificar e caracterizar o Adenovírus Humano em população infantil na região metropolitana de Porto Velho/Rondônia. As amostras foram coletadas através de swab combinado da nasofaringe e orofaringe de crianças entre 0 a 6 anos, entre meses de fevereiro a dezembro de 2013, atendidas no Hospital Infantil Cosme e Damião, em Porto Velho-RO, apresentando sintomas sugestivos de infecção respiratória aguda. A presença do HAdv foi avaliada para 607 amostras por meio de PCR convencional e verificou-se que 8,9% (54/607) foram positivas. Análises da presença do HAdv em relação à idade e ao tempo estimado em meses do ano foram realizadas, onde prevalesceu nas idades entre 1-2 anos (n= 27/240, 50,0% (percentual amostras postivas)) e conferiu-se maior positividade nos meses de maio 13,6% (11/81) e agosto 22,2% (14/63). Dos sintomas, os mais observados entre positivos foram coriza 25,9% (14/213), falta de ar 11,1% (6/110), obstrução nasal 29,6% (16/171), prurido ocular 11,1% (6/85) e tosse 24,1% (13/237), porém não se obteve significância estatística para dados demográficos e socioeconômicos. Realizou-se análises das sequências de 33 amostras positivas, onde obteve-se resultados de HAdv do sorogrupo B. Os dados obtidos enfatizam a importância sobre conhecimento e identificação viral demonstrando a incidência, auxiliando a população sobre a existência do HAdv, norteando o diagnóstico molecular, prevenção e profilaxia. O HAdv manteve equivalência em relação aos estudos comparados evidenciando a aplicabilidade do PCR convencional no diagnóstico e que as infecções abrangem crianças de 1-2 anos, não importando o sexo, podendo concluir-se que técnicas de biologia molecular podem ser futuramente utilizadas como diagnóstico rápido e de rotina do HAdv no estado de Rondônia e permite ser um promissor da estratégia de controle deste vírus, no âmbito de diminuição das infecções respiratórias.
Description: Dissertação apresentada ao programa de Pós-graduação em Biologia Experimental da Universidade Federal de Rondônia. Orientador (a): Dra. Deusilene Souza Vieira
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2422
Appears in Collections:PGBIOEXP/PVH - Mestrado em Biologia Experimental (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO GÉSSICA TENÓRIO RODRIGUES.pdf3,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.