Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2443
Title: Avaliação da pecuária leiteira de Rondônia pelo índice global de sustentabilidade
Authors: Aragão, José Lima de
Keywords: Pecuária leiteira
Avaliação
Sustentabilidade
Issue Date: 2017
Citation: ARAGÃO, José Lima de. Avaliação da pecuária leiteira de Rondônia pelo índice global de sustentabilidade. Porto Velho: UNIR, 2017.185p.
Abstract: Este estudo de tese teve como objetivo avaliar o desenvolvimento da pecuária leiteira de Rondônia por meio da construção de um Índice Global de Sustentabilidade (IGS), composto por indicadores que descreve o desempenho dos produtores nas dimensões: econômica, social, ambiental, institucional e tecnológica. Busca mensurar o nível de sustentabilidade da atividade mediante o desempenho de cada produtor na sua evolução econômica, importância social, impactos ambientais, condição institucional e inovação tecnológica, ocasionados durante o processo de colonização e ocupação da pecuária de leite no Estado. A metodologia utilizada deu-se por definição de indicadores de composição das dimensões citadas, extraídos da pesquisa de campo realizada para o Diagnóstico do Agronegócio Leite e Derivados do Estado de Rondônia (DALD/RO, 2013). Os indicadores e variáveis propostos foram validados pelo teste de Alfa de Crombach, resultando o valor deste coeficiente em mais de 0,70, como recomendado pela literatura. Utilizou-se do método de “Expertos”, em que, obedecendo a uma escala Likert cada indicador recebeu um peso tecnológico de um (1) a cinco (5), que multiplicado pelo escore de cada indicador, utilizando-se de formulação matemática construída para esse fim, se calculou os Índices das Dimensões e o Índice Global de Sustentabilidade. Os dados levantados foram validados pela análise discriminante de dados, apontando alta confiabilidade no procedimento classificatório realizado. Os resultados encontrados foram os seguintes: para a Dimensão Econômica, encontrou-se um Índice de Desempenho Econômico (IDE) de 0,524918 graus decimais ou 52% de desempenho, classificada no nível 4, considerado Bom Padrão de Sustentabilidade. As dimensões Social, Ambiental e Tecnológica apresentaram, respectivamente, índices de 44,30%; 41,78% e 39,60% de desempenho, todos considerados níveis 3, entendidos como Médio Padrão de Sustentabilidade, logo, na área de sombreamento da sustentabilidade, necessitando de cuidados especiais para realização e manutenção de suas atividades. Diferentemente das demais, o Índice da Dimensão Institucional foi de 32,01%, o menor índice encontrado, e, caracterizando baixa sustentabilidade da dimensão. Por último, apresenta-se o Índice Global de Sustentabilidade (IGS) da pecuária leiteira de Rondônia, IGS de 42% de desempenho, considerado de Médio Padrão de Sustentabilidade. O Índice Econômico participou de forma positiva na composição do ÍGS, levando-o para as faixas mais elevadas de desempenho, ao passo que, o Institucional participou de forma negativa, conduzindo o valor do IGS para baixo. Os índices, social, ambiental e tecnológico, se mantiveram na área de sombreamento, não piorando o desempenho global, porém, não foi o suficiente para que o IGS atingisse um padrão de sustentabilidade bom ou excelente. Concluise, portanto, que a exploração leiteira em Rondônia possui desempenho médio de sustentabilidade, necessitando de cuidados e políticas públicas para que atinja padrões bons e excelentes de sustentabilidade nos seus sistemas de produção leiteira. Contudo, verifica-se que a atividade encontra-se em expansão, tendo passado de 711 mil litros de leite em 1974 para 940,6 milhões em 2014, neste ano, fez circular no mercado financeiro de Rondônia 683,6 milhões de reais, gerando emprego, renda, desenvolvimento socioeconômico e sustento para 40 mil famílias de agricultores, promovendo a inclusão social, diminuição do êxodo rural e fixação do homem ao campo.
Description: Tese de Doutorado, apresentada junto ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, Área de Concentração em Desenvolvimento Sustentável & Diagnóstico Ambiental, Linha de Pesquisa: Ambiente, Saúde & Sustentabilidade. Requisito para obtenção do Título de Doutor em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. Orientador: Prof. Dr. Luiz Francisco Machado Pheifer Coorientador: Prof. Dr. Manuel Antonio Valdés Borrero
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2443
Appears in Collections:PGDRA/PVH - Doutorado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (Tese)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.