Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2486
Título: DEGRADAÇÃO AMBIENTAL EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO:
Outros títulos: o caso do Parque Municipal Natural dos Parecis – Guajará-Mirim/RO
Autores: DA SILVA ALVES, NAIELY
Palavras-chave: Unidade de Conservação
Parque Municipal
Degradação Ambiental
Amazônia Ocidental.
Data de publicação: 3-Mar-2019
Resumo: As áreas de preservação como forma de conservação dos recursos naturais são comuns e considerada eficaz quanto à manutenção de reservatórios de biodiversidade e dos serviços ecológicos e/ou ambientais considerados essenciais para a manutenção da vida na Terra. A criação de Unidades de Conservação é oficialmente uma das principais medidas do governo para garantir a preservação e conservação da biodiversidade. Entretanto, não basta criar áreas numa perspectiva somente de preservação das belezas cênicas e da proteção dos bens naturais. São necessários mecanismos de gerenciamento e de garantia da integridade de tais áreas para que a mesma torne funcional. O presente trabalho enfatiza a questão relativa à degradação ambiental em Unidades de Conservação, especificamente da área do Parque Municipal Natural dos Parecis (PMNP) – Guajará-Mirim/RO, situado na Amazônia Ocidental, com o objetivo de identificar os fatores que estão envolvidos na degradação do ambiente natural do referido parque, através das características físicas atualizadas em que se encontra a área do dito parque, para que em seguida identificar e classificar os principais tipos de impactos ambientais existentes no PMNP, de modo a contribuir sugerindo diretrizes para que o parque possa desempenhar corretamente suas funções como Unidade de Conservação de Proteção Integral. Para tanto, a execução deste trabalho procedeu-se inicialmente através da pesquisa bibliográfica, em seguida foi feita a pesquisa de campo, que consistiu no levantamento da área do parque, e teve como finalidade principal o reconhecimento dos componentes dos aspectos do meio físico (vegetação, trilhas, estradas e os tipos de impactos ambientais identificados). Finalizando com a análise e interpretação dos dados recolhidos através da pesquisa bibliográfica e de campo. Os resultados revelam que se faz necessário o aumento e aperfeiçoamento de ações integradas de fiscalização no interior do PMNP dentro de um escopo de um processo contínuo e dinâmico de planejamento e monitoramento visando inclusive no controle e regulação dessas ações, mediante vistorias regulares em campo. Em síntese, tais medidas trarão a garantia de manutenção da preservação, conservação e proteção do ecossistema natural do parque, desde que também haja uma conscientização de consolidar a administração pública no setor ambiental e das garantias de suas infraestruturas para que haja uma rotina por tempo indefinido necessária a conservação dessa unidade de conservação no âmbito municipal.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2486
Aparece nas coleções:DACSA/GM. Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC NAIELY.pdfDEGRADAÇÃO AMBIENTAL EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO: o caso do Parque Municipal Natural dos Parecis – Guajará-Mirim/RO1,42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.