Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2496
Título: O VENENO NOSSO DE CADA DIA: um estudo sobre os agrotóxicos
Autores: MOREIRA DA SILVA AZEVEDO, IRAILDES
Palavras-chave: Agrotóxico
Meio Ambiente.
Contaminação
Alimentos
Políticas Públicas
Data de publicação: 2-Jul-2018
Resumo: A presente monografia tem como objetivo analisar o uso de agrotóxicos no Brasil e os impactos causados ao meio ambiente e à saúde. Esse assunto tem motivado debates entre especialistas na temática, em razão do Brasil ocupar o primeiro lugar no consumo de agrotóxicos do mundo. Tal consumo aumentou principalmente nas últimas décadas, devido, sobretudo, ao crescimento da monocultura, reflexo do desenvolvimento do agronegócio brasileiro que visa principalmente à produção extensiva de commodities agrícolas. Pela pesquisa foi possível observar que a constante exposição a essas substâncias químicas reflete em danos, tais como: risco de contaminação de pessoas e animais, dos alimentos produzidos, das águas, do solo e do ar, recursos esses indispensáveis à vida. Entretanto, pouco se fala sobre as origens e as reais consequências da sua utilização e dos verdadeiros impactos nos alimentos que estão à mesa de todos os brasileiros. Para a realização desta pesquisa adotou-se o método qualitativo, de abordagem indutiva, com fontes bibliográficas e documentais, e a técnica de análise de conteúdo. Tendo como principais fontes de informação os trabalhos de BOMBARDI (2017 e 2016); PIGNATI (2011); PELAEZ, TERRA, SILVA (2010); PERES, MOREIRA (2016), e fontes documentais através de instituições oficiais, dentre eles: IBGE; EMBRAPA; INCA; ANVISA; MMA, entre outros. A partir do estudo foi possível verificar a ineficiência nesse modelo de produção, uma vez que, mesmo com o uso intensivo de agrotóxicos, as pragas agrícolas conseguem desenvolver mecanismos para persistir nos campos. Com o passar do tempo, os agrotóxicos vão perdendo a eficácia e levando os agricultores a aumentarem as doses aplicadas e/ou recorrer a novos produtos, com isso, aumenta-se a quantidade de resíduos nos alimentos, água e ar, ou seja, contaminando praticamente todo o planeta. Lembrando ainda que os danos aos seres humanos não se restringem apenas aos trabalhadores rurais ou industriais, comumente associados, mas a toda a sociedade que consome alimentos que estão cada vez mais infectados por substâncias nocivas.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2496
Aparece nas coleções:DACSA/GM. Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC final 2 - Iraildes 17-07-18 (1).pdfO VENENO NOSSO DE CADA DIA: um estudo sobre os agrotóxicos1,46 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.