Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2509
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLeite, Andressa Santos-
dc.date.accessioned2019-05-03T21:11:38Z-
dc.date.available2019-05-03T21:11:38Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationLEITE, Andressa Santos. Gestão e controle na administração pública para prevenir atos de improbidade. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado Administração) - Universidade Federal de Rondônia, Cacoal, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2509-
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento Acadêmico de Administração da Fundação Universidade Federal de Rondônia, campus Professor Francisco Gonçalves Quiles, para obtenção do título de Bacharel em Administração. Orientadora: Prof.ª Dr.ª Ângela de Castro Correia Gomespt_BR
dc.description.abstractos gestores públicos, para cumprirem sua missão com eficiência e eficácia, precisam agir com legalidade e respeito às normas internas, exercendo de forma impessoal, flexíveis e em prol do interesse público, com foco para resultados e propiciando o controle social com transparência. Assim, este trabalho é um estudo sobre a gestão da Administração Pública, mais especificamente o controle exercido para evitar atos de improbidade administrativa. Tal abordagem é devido ser o gestor público que administra e controla recursos de tributos arrecadados da população. Entretanto, ao gerir um bem público, determinados servidores públicos, independentemente do nível hierárquico, podem desviar recursos, ocasionando alguns atos de improbidades administrativas da Lei no 8429. Assim, o objetivo foi identificar as ações implantadas por gestores públicos do aparelho de Estado, atuantes em Cacoal, visando evitar a prática da improbidade administrativa no âmbito da Administração Pública. O estudo envolveu as pesquisas bibliográfica e documental e a aplicação de questionário, com análise qualitativa de dados em entidades públicas representativas do executivo, do legislativo e do judiciário. O resultado da pesquisa indica que os gestores da Administração Pública utilizam o controle interno e externo como método para evitar as práticas de improbidade. Conclui-se que a criação da Lei de Improbidade Administrativa, se conseguir sua fiel efetividade, pode vir a garantir ao cidadão uma administração com probidade. Diante deste estudo, é possível o desenvolvimento de outras pesquisas relacionadas a atuação de entidades externas no controle de atos de improbidade na Administração Pública.pt_BR
dc.language.isootherpt_BR
dc.subjectGestãopt_BR
dc.subjectControlept_BR
dc.subjectImprobidadept_BR
dc.subjectProbidadept_BR
dc.subjectAdministração Públicapt_BR
dc.titleGestão e controle na administração pública para prevenir atos de improbidadept_BR
dc.typeOtherpt_BR
Appears in Collections:DAA/CAC. Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC ANDRESSA SANTOS LEITE.pdf1,27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.