Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2588
Título: Análise física, química e biológica da qualidade das águas superficiais na bacia hidrográfica do igarapé dois de Abril, no município de Ji-Paraná/RO
Autores: Silva, Selma Maria de Arruda
Palavras-chave: Nutrientes
Sazonalidade
Temperatura
Coliforme
CONAMA
Data de publicação: 2018
Citação: SILVA, Selma Maria de Arruda. Análise física, química e biológica da qualidade das águas superficiais na bacia hidrográfica do igarapé dois de Abril, no município de Ji-Paraná/RO. Universidade Federal de Rondônia, 2018.
Resumo: A paisagem nas cidades brasileiras vem sendo gradativamente alteradas, ao longo das últimas décadas, devido às mudanças no uso, ocupação e manejo das terras que drenam rios, igarapés, integra a bacia hidrográfica e está inserida em uma conjectura que associa mundo contemporâneo, modo de produção e de vida com oferta de consumo e produtos embutidos de alta tecnologia, porém, em outra perspectiva, o adensamento populacional que desencadeia a cloaca doméstica e ausência de elementos essências, como saneamento básico não tem investimento em tecnologia e corrobora com a poluição das águas superficiais na bacia hidrográfica do igarapé Dois de Abril na cidade de Ji-Paraná-RO. Nesse viés, a pesquisa analisou parâmetros físico-químicos da água em 18 pontos de coleta para as variáveis Oxigênio dissolvido (OD), Demanda bioquímica de oxigênio (DBO), pH, Sólidos totais dissolvidos (STD), Condutividade elétrica da água, Temperatura da água, Turbidez, Amônia, Nitrito, Nitrato, Fósforo dissolvido, Fósforo total, Coliformes termotolerantes, Escherichia coli (E-coli) e Clorofila a, no Laboratório de Limnologia (LABIM), do curso de engenharia ambiental, campus Ji-Paraná da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), em duas campanhas sazonais, período chuvoso e seco, ano de 2017. Os pontos de coleta foram georreferenciados com GPS de Navegação Garmin E-trex 20, os mapas foram elaborados com o software livre de código aberto Qgis 2.18.22. A metodologia seguiu o protocolo titulométrico, gravimétrico, eletrométrico, nefelométrico, brucina, membrana filtrante em meio cromogênico e espectrofotométrico determinado para cada variável. Para análise estatística, a bacia foi dividida em três setores. As concentrações dos parâmetros pesquisados foram analisados com estatística descritiva utilizando a planilha do Microsoft Excel e software Action Stat 3, a estatística experimental com software Sisvar® e a análise de componentes principais (PCA) com software XLSTAT. O resultado da estatística descritiva, considerando o desvio padrão, demonstrou que houve diferença entre os períodos sazonais e entre os setores para as quinze variáveis pesquisadas. Para as onze variáveis analisadas com teste Scott-Knott, STD, Turbidez, Amônia, Nitritro, Nitrato, Fósforo total e E-coli foi identificado diferença significativa entre o fator período e setores e, para as variáveis pH, Condutividade elétrica e Fósforo dissolvido, o teste não apresentou diferença entre os períodos sazonais. A PCA demonstrou que 66,42% dos dados analisados no período chuvoso foram influenciados por STD, DBO, E-coli, Turbidez, Fósforo dissolvido, Fósforo total, pH. No período seco 61,79% dos dados tiveram influência de Temperatura, Amônia, Nitrito, Nitrato, Fósforo dissolvido, Fósforo total, E-coli, Coliformes termotolerantes e Clorofila a. As concentrações encontradas na área de estudo foram comparadas com as classes de água doce I, II e III descritas na resolução CONAMA 357/2005, as variáveis que não extrapolaram a norma para os três tipos de classe de água nos dois períodos sazonais foram nitrito, nitrato, pH, com exceção de amônia que não extrapolou o valor máximo permitido apenas no período chuvoso. Temperatura, Condutividade elétrica e fósforo dissolvido não são preconizados na norma para as classes de água doce. Para tanto, os resultados permitem inferir que ações antropogênicas influenciam na degradação da qualidade ambiental das águas superficiais na bacia hidrográfica do Igarapé Dois de Abril.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Geografia – PPGG, da Fundação Universidade Federal de Rondônia - UNIR, como requisito para obtenção do título de Mestre em Geografia. Linha de Pesquisa: Paisagem, Processos do Meio Físico e Gestão Ambiental – PMG. Orientadora: Profª. Dra. Adriana Cristina da Silva Nunes.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2588
Aparece nas coleções:PPGG/PVH - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao___Selma_Maria_de_Arruda_Silva.pdf5,6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.