Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2613
Title: Crescimento linear e estado nutricional de crianças e adolescentes ribeirinhos de comunidades no baixo rio Madeira, expostos ao mercúrio
Authors: Mendes, Vanessa Alves
Keywords: antropometria
criança
metilmercúrio
Issue Date: 2018
Citation: MENDES, Vanessa Alves. Crescimento linear e estado nutricional de crianças e adolescentes ribeirinhos de comunidades no baixo rio Madeira, expostos ao mercúrio. Universidade Federal de Rondônia, 2018.
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar o estado nutricional de crianças e adolescentes ribeirinhos e correlacioná-lo à exposição da contaminação de mercúrio em duas comunidades no baixo rio Madeira (AM). Trata-se de um estudo de caráter quantitativo e descritivo com delineamento transversal nas comunidades do Puruzinho e de São Sebastião do Tapuru. A amostra foi composta por indivíduos de zero a 19 anos (crianças e adolescentes) e suas mães. Foram avaliadas concentrações de mercúrio total (HgTotal) e MeHg em cabelo de todos os indivíduos e de HgTotal em sangue das mães. Para análise do crescimento e ganho ponderal, foi realizada mensuração da antropometria (peso e estatura) de todos os indivíduos. Além disso, foi aplicado um questionário para identificação dos hábitos alimentares, dados socioambientais. Os resultados demonstram que as concentrações média de HgTotal no cabelo das mulheres foi maior na comunidade do Puruzinho 11,6 ± 5,0 mg.kg-1 e MeHg 8,7±4,1 mg.kg-1, em relação às mulheres de Tapuru com HgTotal (7,0±3,73 mg.kg-1) e MeHg (6,79±3,4 mg.kg-1). As médias mais elevadas para os grupos etários foram observadas na faixa etária de 0-5 anos no Puruzinho com HgTotal (9,14±3,44 mg.kg-1) e MeHg (8,81±4,08 mg.kg-1). No Tapuru, a faixa etária com maior média foi >5-10 anos com HgTotal (7,76±1,52 mg.kg-1 ), MeHg (7,17±1,44 mg.kg-1). Embora a frequência do consumo semanal de peixe na comunidade do Tapuru seja mais elevada, 84,8% das famílias relataram consumir peixes de hábitos não carnívoros, enquanto que 48,33% das famílias do Puruzinho consomem preferencialmente peixes de hábito alimentar carnívoro. A comunidade do Puruzinho também apresentou níveis de HgTotal no sangue mais elevados com 45 g.L-1 em relação ao Tapuru com 30,11 g.L-1. Na avaliação temporal, no Puruzinho, no período de 2012-2017, nota-se que não houve diferença significativa nas concentrações de HgTotal no cabelo da população para adultos, crianças e adolescentes, entretanto, a média das concentrações na faixa etária >5-10 anos apresentou uma diminuição de 57,84% na avaliação de 2017 comparando com 2012. Em relação ao crescimento, a comunidade do Tapuru apresentou médias de escore z HAZ na faixa etária de 0-5, >5-10, >10-19 (-0,42; -0,16; -1,02), bem como BMI (0,75; -0,45; -0,22). Já no Puruzinho, HAZ (0,86; -0,68; -0,64), BMI (0,31; -0,25; -0,02) nas respectivas faixas etárias. Em sua grande maioria, as crianças e adolescentes de ambas as comunidades estão eutróficas, entretanto, no Tapuru algumas crianças de zero a cinco anos estão mais curtas e pesadas, enquanto que há indivíduos de >5 a 10 anos altos e abaixo do peso. Parte dos adolescentes também se encontra com altura inferior aos padrões de referência. No Puruzinho, apenas a faixa etária dos adolescentes apresentou uma diferença, sendo que estão abaixo no escore de corte -2. No Tapuru, existe uma correlação significativa negativa, embora fraca, com R - 0,372 em relação ao escore HAZ (altura para idade) com a concentração de mercúrio. Mas não necessariamente fora do limite de referência.
Description: Dissertação de Mestrado apresentada junto ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, Área de Concentração em Ambiente, Saúde e Sustentabilidade, para obtenção do Título de Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. Orientador: Prof. Dr. Wanderley Rodrigues Bastos Co-Orientador: Dr. Dario Pires de Carvalho
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2613
Appears in Collections:PGDRA/PVH - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanessa_Alves_Mendes_Dissertacao_2016_2018.pdf2,36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.