Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2618
Title: Avaliação preliminar da eficácia de "curativos inteligentes" no tratamento da Leishmaniose Cutânea
Authors: SOUSA, Viviane Pereira de
Keywords: Leishmaniose cutânea
Tratamento tópico
Curativos hidrofóbicos "inteligentes”
Fármacos antileishmaniais
Issue Date: 2017
Citation: SOUSA, V. P. de. Avaliação preliminar da eficácia de "curativos inteligentes" no tratamento da Leishmaniose Cutânea, 2017.
Abstract: As leishmanioses são infecções parasitárias causadas por protozoários do gênero Leishmania, de largo espectro envolvida na relação parasita-hospedeiro, estão incluídas entre as doenças negligenciadas mais importantes dentre as infecciosas, constituindo um problema de saúde pública. De acordo com a espécie do protozoário se manifestada em duas formas: Visceral e Tegumentar. A Leishamaniose Tegumentar Americana é caracterizada pela produção de lesões cutâneas limitadas ulcerosas, e a forma mucocutânea, quando aparecem lesões destrutivas e desfigurantes. O tratamento tem como primeira escolha o antimoniato pentavalente (SbV); nos casos de resistência ao tratamento ou de impossibilidade da utilização deste, a Pentamidina e Anfotericina B são fármacos de segunda escolha. A administração é sistêmica por via endovenosa e os esquemas terapêuticos são longos que variam entre as formas, com efeitos adversos graves, baixa aderência do paciente ao tratamento e a necessidade de administração em âmbito hospitalar. Torna-se de grande importância a busca por alternativas terapêuticas que apresentem menos efeitos colaterais/adversos e auxiliem na resposta imune duradoura e eficiente. Neste contexto, objetivou-se neste estudo avaliar o efeito da aplicação tópica de um “curativo inteligente” para liberação de fármacos antileishmaniais como alternativa terapêutica experimental. Para a pesquisa foram utilizados camundongos BALB/c infectados na base da cauda com as formas promastigotas de L. amazonensis (1x105) e tratadas as lesões com curativos tipo filme hidrofóbico, incorporados com fármacos utilizados no tratamento convencional da leishmaniose. Após o desenvolvimento das lesões foram avaliados seus diâmetros, recuperação das formas amastigotas dos tecidos e análise bioquímica sérica. Os resultados alcançados revelaram cicatrização parcial e total das lesões. As análises bioquímicas não evidenciaram alterações significantes nos parâmetros séricos avaliados. A seletividade para morte parasitária e a carga parasitária mostraram porcentagens significativas após o tratamento com os curativos. O tratamento convencional com Glucantime® injetado intraperitonealmente foi capaz de reduzir em 87,89% a carga parasitária recuperada da lesão; já os curativos impregnados com Glucantime® foram capazes de reduzir em 98,21% os parasitos no tecido, seguido da inibição de 86,57% com a Anfotericina B e 64,98% com a Pentamidina. De posse desses resultados foi possível inferir que o tratamento com a aplicação tópica dos curativos foi eficaz para o modelo experimental proposto. Os achados deste projeto poderão servir como base para o aperfeiçoamento do modelo experimental conduzido, além de contribuir para o estabelecimento de novas terapias experimentais que culminem no desenvolvimento de formulações tópicas com ação antileishmanial mais eficaz, contribuindo assim para terapias menos tóxicas e mais seguras.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Biologia Experimental scricto sensu da Universidade Federal de Rondônia para obtenção do título de Mestre em Biologia Experimental. Orientador: Prof. Dr. Roberto Nicolete Porto
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2618
Appears in Collections:PGBIOEXP/PVH - Mestrado em Biologia Experimental (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AVALIAÇÃO PRELIMINAR DA EFICÁCIA DE CURATIVOS INTELIGENTES NO....pdf1,82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.