Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2624
Title: Proposta de modelo sistematizado de avaliação da qualificação em tuberculose para profissionais de saúde
Authors: Silva, Leticia Auxiliadora Fragoso
Keywords: Qualificação em serviço
Tuberculose
Profissionais de saúde
Issue Date: 2017
Citation: SILVA, L.A.F. Proposta de modelo sistematizado de avaliação da qualificação em tuberculose para profissionais de saúde. 2017. 71f. Dissertação (Mestrado) – Departamento de Medicina – Núcleo de Saúde, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho – RO.
Abstract: A avaliação é uma alternativa eficaz para responder às ações planejadas e executadas. No contexto da tuberculose, a qualificação é ferramenta que tem como finalidade essencial dar subsídio aos processos decisórios no contexto do sistema da saúde, contribuir para a verificação de problemas, avaliar a apropriação de novas práticas na rotina cotidiana dos profissionais, determinar o impacto das mesmas e reorientar ações. Neste estudo teve-se como objetivo propor um modelo sistematizado de avaliação da qualificação em tuberculose para profissionais de saúde. Trata-se de estudo de investigação metodológica quantitativa, desenvolvido no município de Porto Velho, RO. Este estudo foi desenvolvido em três etapas para elaboração, validação e teste-piloto do instrumento de avaliação, com fundamentado nos princípios do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, para ser aplicado nas qualificações em tuberculose, após atender aos preceitos éticos. Os instrumentos foram elaborados com base no manual de recomendação para o controle da tuberculose e no manual do tratamento diretamente observado da tuberculose na atenção básica: protocolo de enfermagem. O primeiro instrumento (pré e pós-teste) foi constituído de 18 questões divididas em três seções, versando sobre os mesmos tópicos e idêntico grau de dificuldade, sobre as características sociodemográficas, qualificação prévia em tuberculose e conhecimento sobre tuberculose. Enquanto o segundo instrumento (pós-teste tardio), aplicado 60 dias após a qualificação em tuberculose para verificar sua aplicabilidade na prática profissional, foi composto de duas questões abertas. A validação dos instrumentos ocorreu a partir da avaliação acerca da clareza, relevância e pertinência das questões por 11 peritos na temática, os quais foram contatados por meio de correspondência via correio eletrônico, explicitando o objetivo neste estudo e estipulando o prazo de até 15 dias para retorno e efetivação do processo de avaliação. Os instrumentos permaneceram com a mesma quantidade de itens, porém, foram alterados quanto à escrita para melhor compreensão. A aplicação do teste-piloto possibilitou a compreensão do instrumento, alterações coerentes e validade de conteúdo e de aparência. Sugerem-se pesquisas futuras para outros tipos de validação e tratamento dos dados, além de padronização da responsividade e do incentivo à aplicação, como instrumento de feedback para gestor e participantes, sabendo-se que apenas a avaliação do aprendizado não assegura aquisição integral do efeito de uma qualificação.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Ensino em Ciências da Saúde – MPECS, do Departamento de Medicina da Fundação Universidade Federal de Rondônia – UNIR. Orientadora: Prof.ª Dr.ª Nathalia Halax Orfão
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2624
Appears in Collections:PPGECS/PVH - Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_LETICIA FRAGOSO_2017 (1).pdf926,7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.