Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2644
Título: O olhar do cuidador: análise psicossocial sobre familiares de pessoas com doença de Huntington.
Autores: Feitosa, Jaine de Santana
Palavras-chave: Doença de Huntington
Sistemas de apoio psicossocial
Doenças raras
Cuidadores
Data de publicação: 2018
Citação: FEITOSA, J. S. O olhar do cuidador: análise psicossocial sobre familiares de pessoas com doença de Huntington. 79f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2018.
Resumo: presente trabalho é fruto de uma pesquisa de cunho qualitativo que buscou realizar como objetivo principal a análise psicossocial de uma família com manifestação de Doença de Huntington (DH). Essa doença tem origem genética, precisamente no braço curto do cromossomo 4, faz parte do quadro de doenças neurodegenerativas raras e atinge 1 a cada 10.000 ou 20.000 pessoas. Afetando progressivamente o indivíduo faz com que este perca a capacidade motora, de fala, deglutição, controle dos esfíncteres, entre outros, atingindo diretamente o sistema nervoso central. Com o passar do tempo e das manifestações da doença, os indivíduos portadores do gene necessitam de cuidados em tempo integral. Sintomas como falta de apetite, alucinações, irritabilidade, isolamento social, emagrecimento e desnutrição, dificuldades na locomoção e insônia são muito comuns, situação que faz com que estes necessitem de um cuidador que os auxilie nas atividades de vida diária. Esta pesquisa se fundamenta na abordagem qualitativa do tipo estudo de caso. Os métodos de coleta de dados utilizados foram entrevistas semiestruturadas e a observação participante. Os sujeitos da pesquisa foram três familiares de pessoas com manifestação da Doença de Huntington que exercem o papel de cuidadores destes. Todos fazem parte do mesmo clã familiar, que é composto por aproximadamente 40 pessoas. O método utilizado para a análise dos dados foi a análise do conteúdo do tipo temática. A doença começou a ser estudada quando a matriarca da família apresentou sintomas e veio a falecer alguns anos depois. Os resultados apresentam significantes importantes em relação a como estes familiares lidam com essa situação, as categorias elencadas foram: violência doméstica, rotina de cuidados, assistência em saúde, trabalho/estudos e aspectos financeiros. Os resultados demonstram que diversas estratégias psíquicas foram utilizadas por esses cuidadores e que estas promovem sustentação para que persistam buscando melhores condições de vida para seus familiares.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Programa de Pós-Graduação em Psicologia (MAPSI) do Núcleo de Saúde da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Orientador: Dr. José Juliano Cedaro
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2644
Aparece nas coleções:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FINAL JAINE DE SANTANA FEITOSA.pdf2,76 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.