Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2645
Título: Sentido pessoal atribuído pelas mães à escolarização dos/as filhos/as em escolas privadas
Autores: Galvão, Vanessa Caroline Ferreira
Palavras-chave: Sentido Pessoal
Relação Família Escola
Escolarização
Psicologia Histórico-Cultural
Data de publicação: 2018
Citação: GALVÃO, V. C. F. Sentido pessoal atribuído pelas mães à escolarização dos/as filhos/as em escolas privadas. 128f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Fundação Universidade Federal de Rondônia – UNIR, Porto Velho, 2018.
Resumo: A escolarização dos estudantes, na sociedade contemporânea, tem assumido um papel preponderante na vida das famílias e estas, juntamente com as escolas, são instituições formadoras cujos papéis sociais passam por muitas transformações. Nessa perspectiva, a presente pesquisa teve como objetivo geral investigar o sentido pessoal atribuído pelas mães à escolarização dos/as filhos/as em escolas privadas de Porto Velho – RO. Os objetivos específicos deste trabalho foram: 1) identificar as ações de acompanhamento realizadas pelas mães na escolarização dos/as filhos/as que frequentam os sexto e sétimo anos do ensino fundamental; 2) levantar e analisar as expectativas/necessidades e os motivos que orientam as ações das mães em relação à escolarização dos/as filhos/as. Os pressupostos teóricos da presente pesquisa sustentam-se na psicologia histórico-cultural, que defende a constituição social dos seres humanos, sua historicidade e o desenvolvimento mediado de seu psiquismo. Trata-se de uma investigação de abordagem qualitativa da qual participaram dez mães de estudantes de cinco diferentes escolas privadas. Para ouvir essas mães foram utilizadas entrevistas semiestruturadas, gravadas em áudio, com base em um roteiro de perguntas orientadoras. Os dados, sistematizados em três categorias teóricas, apresentam as ações empreendidas pelas mães no acompanhamento aos filhos e filhas, as necessidades e expectativas que orientam essas ações e por fim, o sentido construído por elas nesse processo. As ações desenvolvidas pelas mães foram categorizadas como: a) ações em casa (que se desdobram em ações com o auxílio dos pais e ações especificamente durante as semanas de provas); b) ações junto à escola; c) ações de terceirização. No que se refere às expectativas os resultados apontaram expectativas relacionadas à: a) escolha da profissão; b) apreensão dos conteúdos escolares; c) obtenção de notas altas nas provas; d) parceria família e escola. Quanto ao sentido pessoal atribuído pelas mães à escolarização foi possível identificar três aspectos diferentes: a) sentidos que priorizam o sucesso escolar e profissional dos/as filhos/as; b) sentidos voltados à obtenção de notas altas, mas que também valorizam a aprendizagem de conteúdos escolares; c) sentidos relacionados ao desenvolvimento do gosto e do interesse por aprender. Os resultados permitem afirmar que, embora tenham ocorrido mudanças importantes nas relações familiares com a ampliação da presença das mulheres no mercado de trabalho, as mães ainda são as principais responsáveis pelo acompanhamento à escolarização dos filhos e filhas. Além disso, os estudos revisados sobre as relações entre famílias e escolas, indicam que este tema tem sido pouco pesquisado em instituições privadas e, embora a legislação brasileira valorize e enfatize a participação das famílias na definição das propostas pedagógicas das escolas, essa discussão não se caracteriza como uma preocupação para as mães ouvidas na pesquisa, pois avaliam que possuem autonomia para escolher a escola dos/as filhos/as; escolhas essas fortemente influenciadas pelas expectativas de que os filhos e filhas alcancem ou superem a posição social conquistada pelos pais, mães e/ou responsáveis.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Programa de Pós-Graduação em Psicologia (MAPSI) do Núcleo de Saúde da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Orientador: Dr.ª Marli Lúcia Tonatto Zibetti
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2645
Aparece nas coleções:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SENTIDO PESSOAL ATRIBUÍDO PELAS MÃES À ESCOLARIZAÇÃO DOS(AS).pdf575,49 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.