Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/843
Title: Vivência espacial das mulheres ribeirinhas: Os espaços paradoxais do Distrito de Nazaré
Authors: Lopes, Luciane Gomes
Keywords: Gênero
Espaço ribeirinho
Mulher
Modo de vida
Issue Date: 2013
Citation: LOPES, Luciane Gomes.Vivência espacial das mulheres ribeirinhas: Os espaços paradoxais do Distrito de Nazaré.Dissertação (Mestrado em Geografia). Programa de Pós- Graduação- Mestrado em Geografia da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) 121p. Porto Velho, 2013.
Abstract: Este estudo refere-se a uma investigação da forma de caracterização do lugar a partir da participação feminina, incluindo levantamento das atividades e distribuição espacial das mulheres no Distrito de Nazaré, comunidade do Baixo Rio Madeira no município de Porto Velho. A análise da ocupação do lugar sob o enfoque de gênero torna possível o conhecimento da relevância que possui a representação social, imputada aos homens e mulheres, para a consolidação das práticas sociais que formam e caracterizam determinado espaço vivido. O mesmo descreve as condições de vida e o cotidiano das mulheres ribeirinhas, tanto no que se refere ao trabalho, quanto à vida familiar, no espaço doméstico. O objetivo do presente estudo foi investigar o cotidiano da mulher ribeirinha e as formas de relações sociais que colaboram para a produção do espaço sob o enfoque das relações de gênero tanto no ambiente privado, quanto no público. A metodologia utilizada privilegiou estudos qualitativos e quantitativos a partir de uma abordagem fenomenológica do espaço vivido, de relação entre sociedade e cultura. Foram aplicados cinquenta e três questionários aos moradores do Distrito de Nazaré, sendo que deste total, quarenta e dois foram respondidos por homens e onze por mulheres, além disso, foram realizadas, para compreensão acerca do cotidiano familiar e do trabalho feminino entrevistas com quatro mulheres as quais favoreceram para a compreensão do seu cotidiano mais detalhadamente, a partir da história oral de vida garantindo-nos relatos reais do dia a dia da mulher ribeirinha. A análise dos dados permitiu identificar que as formas de atuação no espaço ribeirinho de homens e mulheres se realizam de maneira diferenciada, tanto no que se referem às atividades de lazer, quanto as relacionadas ao trabalho, verificamos que as famílias exercem atividades semelhantes entre si, os trabalhos são praticamente os mesmos e as demais atividades também. Foi-nos perceptível que o trabalho e participação social da população feminina situam-se às margens da visibilidade de atuação sendo a participação feminina nas atividades de maior visibilidade ainda muito tímidas.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação: Mestrado em Geografia da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) como requisito final para a obtenção do título de Mestre em Geografia. Orientadora: Profa. Dra. Maria das Graças Silva Nascimento Silva.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/843
Appears in Collections:PPGG/PVH - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luciane G. Lopes_Vivência espacial das mulheres ribeirinhas.pdf3,8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.