Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1289
Title: O feminino e a violência numa perspectiva psicanalítica
Authors: Wobeto, Edna Mônica da Silva
Keywords: Psicanálise
Repetição
Feminino
Violência
Devastação
Issue Date: 2013
Citation: WOBETO, E. M. da S. O feminino e a violência numa perspectiva psicanalítica. 2013. 190f. Dissertação (Mestrado em Psicologia)- Programa de Pós-Graduação em Psicologia (MAPSI), Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Porto Velho, 2013.
Abstract: O presente estudo discute as parcerias amorosas devastadoras que se repetem. Objetiva averiguar, no campo subjetivo, os motivos pelos quais mulheres vivenciam de forma recorrente relações violentas e, mesmo conhecedoras de seus direitos, não rompem com essa condição. Para tanto, recorri ao Centro de Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica (CAM), na busca por compreender a repetição nas relações devastadoras, através de três casos clínicos, adotando como critério de inclusão as pacientes terem recorrido ao suporte da instituição pelo menos duas vezes e não terem rompido com a condição de agredida, e ainda, sua disposição à psicoterapia. A pesquisa fundamenta-se no aporte psicanalítico como ferramenta teórico-metodológica para a condução da clínica, bem como para a leitura dos dados recolhidos, pois esse aporte acolhe a demanda apresentada pelas mulheres de forma a analisar sua singularidade a partir da concepção do que é violência pela perspectiva de quem a vivencia. Inicialmente optei por versar sobre relações de poder e gênero, adentrando no campo da construção sociocultural da mulher contemporânea que galga degraus, mas no entanto, repete a postura de assujeitada diante do Outro. Busquei, a partir da contribuição Freudo-Lacaniana, estudar a edificação do feminino, recorrendo à pré-história edípica da menina, ao complexo de Édipo e de castração e à devastação na relação mãe e filha, bem como nas parceiras amorosas, entrelaçando a temática da repetição, compulsão à repetição e pulsão de morte. Foi possível perceber que a repetição no assujeitamento a relações amorosas devastadoras denuncia um jeito de ser mulher, de vincular-se assujeitada ao Outro. Repete de forma compulsiva sinalizando o caráter dúbio das pulsões e pulsão de morte.
Description: Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Programa de Pós-Graduação em Psicologia (MAPSI), na Universidade Federal de Rondônia (UNIR), como requisito final para obtenção do título Mestre em Psicologia. Orientador(a): Profª. Dra. Melissa Andréa Vieira de Medeiros.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1289
Appears in Collections:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Edna M. S. Wobeto_O feminino e a violência.pdf1,35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.