Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2631
Title: Avaliação da cultura de segurança e do conhecimento da equipe multiprofissional sobre ochecklist cirúrgico em um centro cirúrgico de um hospital da amazônia ocidental
Authors: Nunes, Diego Antônio de Almeida
Keywords: Segurança do Paciente
Centro Cirúrgico
Checklist
Equipe Multiprofissional
Issue Date: 2018
Citation: NUNES, D. A. de A. Avaliação da cultura de segurança e do conhecimento da equipe multiprofissional sobre o checklist cirúrgico em um centro cirúrgico de um hospital da Amazônia ocidental. Universidade Federal de Rondônia. 2018. 100f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) - Programa de Pós- Graduação em Ensino em Ciências da Saúde (MPECS), Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Porto Velho, 2018.
Abstract: A resistência à adesão ao uso de protocolos, a precariedade da estrutura e insuficiência de recursos humanos no Hospital Estadual e Pronto Socorro João Paulo II caracterizam um cenário propício a eventos adversos, tornando o cuidado inseguro para os procedimentos cirúrgicos que deveriam ter por objetivo salvar vidas. A segurança do cuidado de pacientes cirúrgicos depende de uma gama de fatores que podem e devem ser previstos e prevenidos pela aplicação de um checklist que a promova de acordo com o proposto pela Organização Mundial de Saúde no escopo do segundo desafio global, Cirurgias Seguras salvam vidas. Nesta perspectiva, este estudo de caráter quali-quantitativo transversal descritivo teve como objetivo geral avaliar a cultura de segurança da equipe multiprofissional e o conhecimento dos profissionais que trabalham no CC do HEPSJP II em relação ao checklist de cirurgia segura, levando em consideração o Manual de Cirurgias Seguras Salvam Vidas da OMS. Este estudo submetido e aprovado pelo CEP conforme parecer 1.950.268 foi realizado num corte de três meses no Centro Cirúrgico do Hospital Estadual e Pronto Socorro João Paulo II teve como amostra 90 profissionais, destes 54 eram médicos, 10 enfermeiros e 26 técnicos de enfermagem, predominantemente do sexo masculino (61,1%). A percepção dos profissionais sobre o clima de segurança nesse setor foi preocupante, 41,1% dos respondentes caracterizaram a equipe multiprofissional com atitudes inadequadas para promover a segurança do cuidado desse perfil de pacientes, 30% caracterizaram-nas como neutras. Quanto ao preenchimento dos checklist adotados nos pacientes submetidos a procedimento cirúrgico, apenas 34% daqueles analisados encontravam-se completamente preenchidos. Dentre os fatores enumerados como contribuintes para o não preenchimento do mesmo foi citada e considerada como relevante a falha na comunicação entre os membros da equipe. Depreende-se que há a necessidade de adequar o checklist proposto pela Organização Mundial de Saúde à realidade do serviço por meio de ações educacionais em agenda comum entre os Núcleos de Educação Permanente e Segurança do Paciente, pois, somente por meio de uma aprendizagem significativa será possível modificar a rotina do setor com vistas a promover a segurança do cuidado ao paciente. Assim, a implantação desse checklist adaptado deverá contar com a participação dos atores envolvidos no processo em conjunto com a gestão clínica e de enfermagem.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Ensino em Ciências da Saúde (MPECS), na Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), como requisito final para obtenção do título de Mestre em Ensino em Ciências da Saúde. Orientador(a): Prof. Dr. Horácio Tamada.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2631
Appears in Collections:PPGECS/PVH - Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO FINAL - para capa dura.pdf3,4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.