Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2638
Title: As competências essenciais na atenção pré-natal: as ações dos enfermeiros na zona leste do município de Porto Velho - RO
Authors: Cavalcante, Daniela Ferreira Borba
Keywords: Competências
Enfermeiros
Pré-natal
Issue Date: 2015
Citation: CAVALCANTE, D. F. B. As competências essenciais na atenção pré-natal: as ações dos enfermeiros na zona leste do município de Porto Velho - RO. 2015. 88f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) - Programa de Pós- Graduação em Ensino em Ciências da Saúde (MPECS), Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Porto Velho, 2015.
Abstract: Estudos apontam que a presença de enfermeiros qualificados para o atendimento à mulher no ciclo gravídico puerperal é um indicador de qualidade da assistência e de redução da morbimortalidade materna e neonatal. Este estudo teve como objetivo principal investigar a assistência à mulher durante o pré-natal na Zona Leste de Porto Velho-RO por meio das ações realizadas pelos enfermeiros, tendo por base as competências essenciais para o cuidado pré-natal. O delineamento do presente estudo foi descritivo, de abordagem quantitativa. Foi desenvolvido nas Unidades de Saúde da Família da Zona Leste do município de Porto Velho-RO. Fizeram parte deste estudo 19 enfermeiros que atendem as mulheres durante a gestação, no pré-natal, nas unidades de saúde da Zona Leste do município que se disponibilizaram a participar do estudo. A coleta de dados foi através da entrevista semiestruturada com os enfermeiros e observação sistemática e não participante da atenção pré-natal oferecida pelos enfermeiros. Os dados coletados foram digitados e analisados usando o Software Statistical Package for Social Sciences 20.0 (SPSS). A população deste estudo contou com 19 profissionais, predominantemente do sexo feminino, casadas ou em união estável, com a média de idade entre 30 e 39 anos; com mais de dez anos de formação (63,2%). Entre os profissionais com pós-graduação, 68,4% cursaram Saúde Pública/Saúde da Família. A maior parte deles está há mais de dois anos na estratégia saúde da família, no atendimento pré-natal. As atividades realizadas com maior frequência foram a verificação do peso e da pressão arterial, data da última menstruação, idade gestacional, pesquisa de edema, ausculta do BCF, medida da altura uterina e anotação no prontuário e cartão da gestante. As ações e procedimentos que apresentaram menor frequência foram a inspeção de pele e mucosas, exame das mamas, de MMII, verificação do estado nutricional, atividades em grupo, orientações sobre amamentação, retorno para o puerpério. As ações não realizadas durante a coleta de dados foram o exame dos genitais externos e especular, frequência cardíaca, palpação da Tireóide, pescoço e axilas e ausculta cardiopulmonar. As dificuldades relatadas foram: condições de trabalho inadequadas, falta de cursos de atualização, materiais e medicamentos. Os enfermeiros são responsáveis pela consulta pré-natal e os técnicos em enfermagem atuam na pré-consulta. Porém, as informações oferecidas pelos profissionais bem como a observação do funcionamento das unidades durante a pesquisa, mostraram que, em relação às competências essenciais e habilidades esperadas na assistência pré-natal foram realizadas com baixa frequência ou não foram realizadas.
Description: Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Ensino em Ciências da Saúde (MPECS), na Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), como requisito final para obtenção do título de Mestre em Ensino em Ciências da Saúde. Orientador(a): Profª Dra. Kátia Fernanda Alves Moreira.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2638
Appears in Collections:PPGECS/PVH - Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Daniela Borba.pdf1,8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.