Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2777
Title: Infância, educação e literatura infantil: um estudo sobre a violência simbólica nos contos
Authors: Beijo, Simone Lucinda Cordiro
Keywords: Infância
Educação
Literatura infantil
Violência simbólica
Contos infantis
Issue Date: 2018
Citation: BEIJO, S. L. C. Infância, educação e literatura infantil: um estudo sobre a violência simbólica nos contos. 62 f. Monografia apresentada à Federação Universidade Federal de Rondônia – UNIR, Campus de Rolim de Moura, como exigência final para obtenção do título de Licenciatura em Pedagogia, sob a orientação do Prof. Me. Eraldo Carlos Batista.
Abstract: A violência começa mesmo antes de iniciarmos a fase escolar, mas é no contexto do espaço escolar que essa violência simbólica passa a ser concretizada. Quando crianças não tem a noção da dimensão dos fatos quanto ao ato de violência simbólica, que por sua ordem podem nos perseguir até a maioridade, até termos a percepção do mal que nos causou, pois muitas vezes este ato de violência não é percebido, na medida que a vítima dificilmente irá detectar devido o agressor ter o poder de coagi-lo por este ser considerado confiável a elas. O objetivo desse estudo foi identificar e analisar as manifestações de violências simbólicas existentes nos contos infantis representadas nas narrativas. Utilizando de uma abordagem qualitativa as narrativas foram analisadas sob a perspectiva da Análise do Discurso, no intuito de realizar inferências e construir interpretações a partir do estudo de contos que favoreça a discussão e a reflexão em torno do tema violência simbólica presentes nesses contos. Para compor este trabalho foram selecionados quatro contos, nos quais foram: os contos da Mamãe Gansa em: “A Bela Adormecida” “Cinderela” e “Chapéuzinho Vermelho” de Charles Perrault, também sendo esses contos reescritos pelos irmãos Grimm, e“Branca de Neve” de autoria apenas dos irmãos Grimm. Contos estes que foram sendo modificados paulatinamente em conformidade do tempo e época de uma determinada sociedade. Apontando-se como as principais análises desses contos em: a beleza como alvo de perseguição e punição,a violência simbólica através da dominação masculina, e a violência moral e física. Enaltecimento, do papel da mulher na história da humanidade, épocas essas que sofreram perante a sociedade, no qual esse sofrimento é também retratado nessas estórias infantis. Ao analisar as narrativas, foram descobertos diferentes pontos quanto ao uso da leitura desses contos infantis no tocante a educação das crianças, dentre as hipóteses previstas, pode-se citar a maneira de ler um texto, e quais as suas finalidades, uma vez que essas estórias continuarão a coexistir na sociedade.
Description: Monografia apresentada à Federação Universidade Federal de Rondônia – UNIR, Campus de Rolim de Moura, como exigência final para obtenção do título de Licenciatura em Pedagogia, sob a orientação do Prof. Me. Eraldo Carlos Batista.
URI: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2777
Appears in Collections:DACEP/RM. Trabalhos de Conclusão de Curso



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.