Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2815
Title: A importância da grande revolução cultural proletária para a educação das massas populares na China Socialista
Authors: Andrade, Ana Paula Neumann
Keywords: China socialista
Revolução cultural proletária
Revolução no Ensino
Issue Date: 2016
Citation: ANDRADE, A. P. N. A importância da grande revolução cultural proletária para a educação das massas populares na China Socialista. Monografia apresentada ao Curso de Pedagogia da Federação Universidade Federal de Rondônia, UNIR, Campus de Rolim de Moura, como requisito final para obtenção do título de Licenciada em Pedagogia, sob a orientação da Profª Drª Marilsa Miranda de Souza.
Abstract: Esta monografia trata da revolução socialista na China que teve seu triunfo em 1949 e das constantes transformações ocorridas no país entre 1966 e 1976 decorrentes principalmente do desencadeamento da Grande Revolução Cultural Proletária GRCP que proporcionou profundas mudanças na concepção de educação. O objetivo da pesquisa foi conhecer e analisar a história da Revolução Cultural Proletária na China Socialista e como se desenvolveu a “revolução no ensino” durante esse período. Buscamos também para compreender o processo da revolução chinesa discutir os princípios marxistas da educação e suas experiências na URSS e China; identificar e analisar os objetivos e os princípios políticofilosóficos e pedagógicos da Revolução Cultural Proletária; identificar as articulações da Revolução Cultural Proletária com as lutas operário-camponesas e sua importância para os quatros níveis do ensino: primário, secundário, superior e técnico e descrever como era a organização do trabalho educativo e sua vinculação com o trabalho produtivo. O método utilizado nesta investigação foi o materialismo histórico-dialético e suas categorias fundamentais: totalidade, contradição, ideologia e práxis, que permitiu analisar o fenômeno estudado em sua totalidade e sua relação com a luta de classes. A análise da exploração e dominação da China em relação ao imperialismo foi realizada mediante a aplicação da categoria histórica capitalismo burocrático. O estudo demonstra que uma profunda transformação na sociedade só é possível de ser realizada por meio da luta revolucionária e da aplicação da ideologia científica do proletariado. A GRCP demonstrou que a concretização do socialismo ininterrupto ao comunismo só será possível mediante o desenvolvimento de grandes revoluções culturais mundiais. Sem o desenvolvimento de revoluções culturais o triunfo definitivo do socialismo se torna impossível, tendo em vista que a burguesa utilizará da velha cultura para restaurar o capitalismo e retomar o poder. A Grande Revolução Cultural Proletária se tornou uma riquíssima experiência de educação que transformou o sistema de ensino da pré-escola à universidade passando a vincular estudo e trabalho produtivo, teoria e prática e superando a divisão entre trabalho manual e trabalho intelectual. A educação burguesa não é capaz de garantir a formação plena do homem, pois o ensino no sistema capitalista proporciona uma formação unilateral baseada na alienação do trabalho. A revolução no ensino rompeu com a educação burguesa nas escolas e garantiu uma formação omnilateral ao povo chinês.
Description: Monografia apresentada ao Curso de Pedagogia da Federação Universidade Federal de Rondônia, UNIR, Campus de Rolim de Moura, como requisito final para obtenção do título de Licenciada em Pedagogia, sob a orientação da Profª Drª Marilsa Miranda de Souza
URI: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2815
Appears in Collections:DACEP/RM. Trabalhos de Conclusão de Curso



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.