Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2932
Title: Da educação rural à educação do campo e a formação de professores do Educampo em Ji-Paraná-RO
Authors: Côrtes, Magna Cleide de Oliveira
Keywords: Educação do Campo (EdoC)
Escola Rural
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)
Formação de professores
Issue Date: 2019
Citation: Côrtes, Magna Cleide de Oliveira. Da educação rural à educação do campo e a formação de professores do Educampo em Ji-Paraná-RO. 2019. 97 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Fundação Universidade Federal de Rondônia, 2019.
Abstract: A Educação do Campo (EdoC) surge de demandas e necessidades de sujeitos, que ao longo dos tempos foram deixados de lado em relação ao acesso à escolarização e, à educação de qualidade nas escolas rurais. A trajetória da educação do campo foi, e ainda é pautada por muita luta dos movimentos populares, tendo como grandes referências, primeiramente o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) assim como também a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) que conquistaram a escola do/no campo, com uma metodologia específica, que enfatiza os sujeitos do campo, suas vidas, suas culturas e seus saberes (CALDART, 2012). A temática central desse trabalho é a educação do campo e a formação de professores, cujo objetivo geral é compreender o processo formativo que se dá com os/as professores na construção/implantação do Educampo da rede pública municipal de Ji-Paraná. A metodologia da presente pesquisa é de cunho qualitativo e para a produção de dados foram utilizadas como técnicas a observação não-participante referente as duas escolas do campo em que o Educampo foi implantado entre 2018 e 2019 – Escolas Paulo Freire e Professor Irineu Antônio Dresch; entrevistas com roteiro semiestruturado, com dois professores um de cada escola e com um gestor da Secretaria Municipal de Educação – Semed; questionário com uma coordenadora pedagógica que participou do processo de construção do Educampo; entrevista com uma professora formadora da Universidade Federal de Rondônia; e, observações em vários momentos de formação de professores da Semed no decorrer de 2018 e 2019. Usamos como principais referenciais teóricos os seguintes autores: Brasil (2018; 2010; 2006), Albuquerque (2016), Caldart (2012), Arroyo, Caldart e Molina (2004), Diniz-Pereira (2001), Freire, (1987), Garrido (2010), Gressler (2004), Ji-Paraná (2016, 2016a), Marcelo García (1999), Nosella (2013), entre outros de grande relevância para a temática. Destacamos como relevante nesse trabalho que o processo formativo dos/as professores/as que lecionam seguindo a proposta pedagógica do Educampo, pautada na pedagogia da alternância, vai além de um espaço fechado e/ou resumido a encontros e palestras. A formação dos/as docentes ocorre no espaço da Semed, em geral mensalmente ou bimestralmente; nas escolas às sextas-feiras cerca de três vezes por mês; nos Seminários anuais de Educação do Campo; e, sobretudo durante todo o processo de implementação do Educampo, em atividades fora da escola envolvendo alunos e suas famílias, entidades parceiras, e diversos profissionais não somente da área de educação. Como o Educampo requer estudos para a compreensão e a inserção dos instrumentos pedagógicos da pedagogia da alternância o processo de formação é dinâmico e em muitos casos se dá, também com a troca de experiência entre as escolas.
Description: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Ciências Humanas e Sociais, como requisito para a obtenção do título de Licenciatura em Pedagogia pela Fundação Universidade Federal de Rondônia
URI: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2932
Appears in Collections:DCHS/JP. Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MAGNA CLEIDE DE OLIVEIRA CÔRTES.pdfMAGNA CLEIDE DE OLIVEIRA CÔRTES1,44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.