Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/3010
Title: Rede social de agricultores familiares do programa de aquisição de alimentos em assentamento rural
Authors: Medrado, Sara dos Santos
Keywords: Rondônia
Rede Social
Agricultura Familiar
Assentamento Joana D’Arc
Issue Date: 2019
Citation: MEDRADO, S. dos S. Rede social de agricultores familiares do programa de aquisição de alimentos em assentamento rural. 92f. Dissertação (Mestrado em Administração)- Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Programa de Programa de Pós-Graduação Mestrado em Administração (PPGA), Porto Velho, 2019.
Abstract: A agricultura familiar suscita pesquisas de diversas áreas do conhecimento, sendo também importante para o estudo desse assunto a qualidade de vida dos agricultores, a forma de organização territorial e os fomentos disponibilizados para manter os agricultores no meio rural, bem como a forma de relacionamento entre os agricultores. O estudo das redes sociais em assentamentos rurais é a base para essa pesquisa, tendo como lócus o Assentamento Rural Joana D’Arc I, II e III, situado a, aproximadamente, 120 quilômetros da área urbana da cidade de Porto Velho, capital do Estado de Rondônia. O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é uma política pública da agricultura familiar que visa promover e sustentar uma rede de comercialização da produção agrícola familiar. O estudo das redes sociais dos agricultores permite a aproximação entre agricultores e executores do Programa em Porto Velho. O objetivo geral desse estudo é identificar a rede social de agricultores familiares do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Projeto de Assentamento Rural Joana D’Arc I, II e III em Porto Velho/RO. O referencial teórico preconiza a teoria de redes sociais como um conjunto de relacionamentos e as políticas públicas que podem ser entendidas como a ciência aplicada para a resolução de problemas. A população desta pesquisa constituiu-se de 24 agricultores que participam do Programa de Aquisição de Alimentos. A pesquisa é caracterizada como qualitativa, uma vez que é uma abordagem entre indivíduo e realidade. Os resultados encontrados foram que: os agricultores que estão próximos geograficamente têm em comum laços familiares, e preferem manter a proximidade geográfica pela sensação de segurança. Não há uma rede predominante no assentamento Joana D’Arc. Sete agricultores podem ser considerados protagonistas no assentamento, cada um com suas especificidades, os quais podem ser identificados em três grupos no assentamento. Chegou-se nesses grupos considerando as respostas dadas pelos agricultores. Os agricultores tidos como referência pelos demais podem ser os propagadores da política no assentamento, visto que os atores se comportam de modo semelhante e as semelhanças de comportamento estão relacionadas à localização geográfica – denominado como Linha. Sugere-se para estudos futuros os efeitos da interação social que foram destacados na análise de rede nesse estudo, considerando campos não abordados. As limitações da pesquisa permeiam, principalmente, o contato com os agricultores, visto a resistência em participar da pesquisa.
Description: Dissertação apresentada ao de Pós-Graduação Mestrado em Administração (PPGA), na Universidade Federal de Rondônia (UNIR), como requisito final para obtenção do título Mestre em Administração. Orientadora: Profª. Drª. Mariluce Paes de Souza.
URI: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/3010
Appears in Collections:PPGA/PVH - Mestrado em Administração (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
REDE SOCIAL DE AGRICULTORES FAMILIARES DO PROGRAMA DE AQUISIcaO DE ALIMENTOS EM ASSENTAMENTO RURAL - SARA MEDRADO.pdfArquivo principal2,71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.