Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/3027
Title: “Jogo de figuras e palavras”: uma proposta de intervenção pedagógica para os anos iniciais do ensino fundamental
Authors: Silva, Ana Cláudia Oliveira da
Keywords: Jogo pedagógico
Intervenção pedagógica
Mediação pedagógica
Zona de Desenvolvimento Iminente
Contexto regional
Issue Date: 2020
Citation: SILVA, A. C. O. da. “Jogo de figuras e palavras”: uma proposta de intervenção pedagógica para os anos iniciais do ensino fundamental. 179f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Educação (PPGE), 2020
Abstract: A presente dissertação de mestrado baseou-se em uma intervenção pedagógica que objetivou planejar, implementar e avaliar um jogo utilizado como ferramenta didática complementar junto a estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental (EF). O “Jogo de Figuras e Palavras” foi elaborado pela pesquisadora visando a contribuir para a mediação de processos de ensino que intencionem aprendizagens como: leitura, formação de palavras e história regional; e que propiciem potencial ao desenvolvimento de funções psicológicas superiores (FPS) como atenção voluntária, memória lógica e tomada de consciência. Foi criado um jogo de regras explícitas, de memória, com regras pré-estabelecidas, que consiste em três fases: 1. jogo de memória (encontrar pares de figuras); 2. leitura de dicas (ficha com breves informações sobre o conteúdo da palavra que representa a figura) e; 3. formação de palavras (escrita da palavra identificada após a leitura da dica). Tratou-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, do tipo intervenção pedagógica, constituída em quatro fases: diagnóstico, planejamento, implementação e avaliação. Tanto a investigação empreendida, como a concepção de jogo partem de pressupostos teórico-epistemológicos da Teoria Histórico-Cultural da Atividade (CHAT), desenvolvidos, fundamentalmente, por Lev Semenovich Vygotsky. Na presente pesquisa, são especialmente abordados e discutidos os conceitos de Zona de Desenvolvimento Iminente (ZDI) e mediação, bem como a relação entre pensamento e palavra. Além de Vygotsky, outros pesquisadores filiados a esta linha teórica contribuíram para o trabalho, com destaque para Daniil Borisovich Elkonin e sua teorização sobre o jogo aplicado à Educação. A intervenção pedagógica ocorreu no período de setembro de 2018 a junho de 2019, com quatro estudantes do 2º ano do EF de uma escola pública municipal da cidade de Porto Velho que apresentavam baixo rendimento escolar em leitura. Os dados foram coletados antes, durante e após a intervenção por meio de análise documental (histórico escolar do 1º e 2º anos do EF dos estudantes selecionados) entrevistas (com as professoras, com as crianças e seus pais/responsáveis), Teste de Competência de Leitura de Palavras e Pseudopalavras (TCLPP), teste de conhecimentos sobre a história regional (elaborado pela pesquisadora) e observação-participante. A análise dos dados para a avaliação dos efeitos da intervenção ocorreu por meio de análise textual discursiva, nos moldes propostos por Roque Moraes, resultando em três categorias: 1) Desenvolvimento das funções psicológicas superiores; 2) Leitura e Formação de Palavras; 3) Conhecimentos sobre a história do povoamento de Rondônia. Os resultados encontrados sugerem avanços, por parte dos participantes, durante a intervenção, reforçando a importância de trabalhos pedagógicos (mediação) voltados às ZDI dos estudantes como forma de superação de suas dificuldades educacionais. É possível afirmar que a intervenção, mediante a aplicação do jogo, promoveu o desenvolvimento das FPS atenção voluntária, memória lógica e tomada de consciência. Em termos dos conteúdos estudados, houve avanços significativos quanto ao desempenho dos estudantes em leitura, formação de palavras e aumento do repertório vocabular das crianças. Por meio da temática história do povoamento de Rondônia, o jogo possibilitou aos quatro participantes a expansão de seus conhecimentos sobrea história local, visto que, no início do jogo, eles não sabiam identificar simples palavras relativas a essa história, tampouco, explicá-las. Foi possível perceber, ainda, efeitos no comportamento dos participantes em sala de aula, segundo relato da professora, afirmando que passaram a se concentrar mais e melhoraram em termos de integração com os colegas e trabalhos em grupo. A pesquisa permite afirmar que os jogos didáticos podem se configurar como importantes ferramentas para a aprendizagem de crianças que cursam os anos iniciais do processo de escolarização, especialmente, as que apresentam baixo rendimento escolar.
Description: Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Educação. Orientador: Prof. Dr. Rafael Fonseca de Castro
URI: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/3027
Appears in Collections:PPGE/PVH - Mestrado Acadêmico em Educação (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA_CLAUDIA_OLIVEIRA_DA_SILVA.pdfArquivo Principal1,94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.