Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1096
Título: Aprendendo a ensinar geometria plana para estudantes cegos
Autores: Machado, Kesia Santana
Palavras-chave: Didática da Matemática
Ensino de Matemática
Inclusão Social
Data de publicação: 19-Ago-2016
Citação: MACHADO, Kesia Santana. Aprendendo a ensinar geometria plana para estudantes cegos. 2016. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)–Licenciatura em Matemática, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Ji-Paraná, 2016.
Resumo: O presente trabalho foi desenvolvido tendo como objetivo analisar as contribuições de um trabalho pedagógico em que se utilizou um kit de material concreto manipulável no processo de ensino-aprendizagem de tópicos do conteúdo de Geometria Plana para estudantes cegos do Ensino Médio. Tendo em vista atingir tal objetivo, optamos por desenvolver uma pesquisa-ação na abordagem qualitativa e essa teve como sujeitos dois estudantes cegos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) que estavam cursando o Ensino Médio numa escola da cidade de Ji-Paraná/RO. A produção/coleta dos dados foi realizada nos meses de abril, maio e junho de 2015. Como é comum nas pesquisas-ação a investigação aconteceu em três etapas: Diagnóstico, Intervenção e Avaliação. Para produzir/coletar os dados foi realizada na primeira etapa –Diagnóstico – uma entrevista com os estudantes cegos e essa teve por objetivo conhecer a suas trajetórias pessoal e escolar, a origem e causa patológica da cegueira e suas percepções sobre o processo de ensino-aprendizagem da Matemática. A segunda – Intervenção – consistiu em atividades pedagógicas de ensino de tópicos do conteúdo da Geometria Plana utilizando-se um kit de material concreto manipulável para os estudantes cegos do Ensino Médio e nesta os dados foram coletados por vídeo-gravações e Diário de campo. Por fim, terceira etapa – Avaliação – visando analisar a repercussão do trabalho pedagógico desenvolvido foi realizado uma segunda entrevista com os estudantes cegos. Embasemo-nos em estudos realizados por pesquisadores como: Alves (2006), Bortoni-Ricardo (2008), Brandão (2010), Carvalho (2003), Cerva Filho (2014), Coria-Sabini (1995), Cunha (1992), Davis (1991), Ferreira (2003), Ferreira (2010), Fernandes (2010),Ferronato (2002), Fonseca (2002), Furasté (2008), Guedes (2008), Gil (2002), Gil (2008), Gonçalves (2012), Godotti (2007), Jung (2009), Lauro (2007), Libâneo (2008), Machado (2014), Machado (1990), Mantoan (1999), Mantoan(2006), Marques (2014), Mazzotta (2001), Mittler (2003), Onofre (2008), Paulon (2005),Pereira (2012), Pereira (2013), Sega (1995), Severino (2007), Silva (2014), Sobrinho (2003), Smole (1996), Terence (2006), Uliana (2012), Uliana (2014),Uliana(2015) dentre outros para dialogamos os dados empíricos da pesquisa em questão. Além do mais, nós nos apoiamos em alguns documentos como o: Censo demográficos de (2010), Declaração de Salamanca (1994), Declaração Universal dos direitos Humanos (1948), LDB nº 9.394/96, Decreto nº 6.571/08, PCNs (2001) dentre outros. Ficou latente ao analisar os dados que a inclusão de estudantes cegos, ainda não se concretizou nas escolas de educação básica, o estabelecimento de algumas leis e declaração ainda está longe de fazer parte da realidade escolar. Isso se deve há vários fatores: despreparo dos docentes para atender a demanda educacional; falta de profissionais capacitados para o ensino especial; e inexistência de materiais adequados para o ensino de tópicos dos conteúdos de Matemática do Ensino Médio dentre outros. Os dados, da segunda etapa, evidenciaram que o kit de material concreto manipulável utilizado - Geometria Tátil Duo Faces - é eficiente para o ensino da Geometria Plana para estudantes cegos. Os estudantes utilizando o sentido do tato conseguiram esboçar e analisar figuras geométricas, ter acesso a conceitos geométricos, identificar as semelhanças e diferenças entre formas geométricas planas, analisar as diferentes posições de retas e esboçar e analisar ângulos no círculo. Atividades estas, importantes e essenciais para a aprendizagem de conteúdos da Geometria Plana. Nos dados da terceira etapa é bem perceptível à satisfação dos estudantes em poder participar ativamente no processo de aprendizagem e a contribuição do material para o entendimento por parte dos estudantes de conceitos, propriedades e estrutura da Geometria Plana.
Descrição: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Banca Examinadora do Departamento de Matemática e Estatística - UNIR, Campus de Ji-Paraná, como pré-requisito para aprovação no curso de Licenciatura em Matemática.
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1096
Aparece nas coleções:DME/JP. Trabalhos de Conclusão do Curso de Matemática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Kesia Santana Machado.pdfTrabalho de Conclusão de Curso de Kesia Santana Machado1,25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.