Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1113
Título: O administrador rural como vantagem competitiva no setor do agronegócio.
Autores: Cruz, Elenice Oliveira
Palavras-chave: Administrador rural
Empresa rural
Ferramentas gerenciais
Agronegócio
Data de publicação: 2014
Citação: CRUZ, Elenice Oliveira. O administrador rural como vantagem competitiva no setor do agronegócio. 51f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Administração) - Universidade Federal de Rondônia, Cacoal, 2014.
Resumo: Buscou-se realizar uma análise comparativa entre a atuação do administrador e do gestor na propriedade rural nos municípios de Cacoal/RO e Ministro Andreazza/RO. A pesquisa é descritiva de caráter exploratório e abordagem qualitativa. A técnica de coleta de dados foi através da entrevista semiestruturada, onde foram entrevistados quatro proprietários rurais. Os dados coletados mostram um cenário negativo em relação ao gestor rural da pequena propriedade, sendo reveladas várias dificuldades, entre elas estão a falta de anotações, pouca importância em relação a qualidade, não aproveitamento da área, não serem sócios em cooperativas ou associações, dentre outros fatores. Em contrapartida, o gestor da média propriedade, faz os controles gerenciais, mas não consegue mensurar seus custos, se preocupa em vender em frigoríficos que exportam, pois sua produção é mais valorizada. Os resultados demonstram que os gestores enfrentam dificuldades na gestão causadas pela ausência de informações dos custos que poderiam ser controlados por eles mesmos. Quanto aos Administradores, da pequena e da média propriedade, utilizam as ferramentas administrativas que auxiliam a minimização dos custos e maximização dos lucros. Com uma visão holística, os administradores rurais reclamam da ausência de apoio governamental entre outros. A pesquisa não só revelou as principais diferenças entre gestor e administrador, mas identificou as possibilidades de melhoria no gerenciamento do agronegócio por meio das ferramentas gerenciais utilizadas pelos administradores através da visão sistêmica. A tomada de decisões no âmbito empresarial rural é expressamente baseada em informações adquiridas das atividades rotineiras e adaptadas em formulários específicos usando as competências básicas da administração que é planejar, dirigir, controlar e agir, aproveitando as novidades tecnológicas. Sugere-se que o administrador também faça o uso das ferramentas da gestão da qualidade e ferramentas gerenciais para maximizar a lucratividade e proporcionar fomento ao agronegócio local.
Descrição: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento Acadêmico de Administração da Fundação Universidade Federal de Rondônia, campus Professor Francisco Gonçalves Quiles, para obtenção do título de Bacharel em Administração. Orientadora: Prof.ª M.ª Simone Marçal Quintino
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/1113
Aparece nas coleções:DAA/CAC. Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO FINAL 29.07.2014.pdf537,84 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.