Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2452
Title: Riscos psicossociais no trabalho dos membros do ministério público do estado de Rondônia
Authors: Rocha, Altair Altoff da
Keywords: Ministério Público
Riscos psicossociais
Psicodinâmica do trabalho
Trabalho e saúde
Issue Date: 2018
Citation: ROCHA, Altair Altoff da. Riscos psicossociais no trabalho dos membros do ministério público do estado de Rondônia. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-graduação stricto sisu em Psicologia. Fundação Universidade Federal de Rondônia, 2018.
Abstract: As instituições públicas passam por modificações contínuas que exigem reestruturação tanto na forma de gestão como na relação de trabalho e saúde, pois este deve ser um fator decisivo tanto para a qualidade do trabalho prestado à sociedade como para a realização pessoal dos trabalhadores que desempenham suas funções. Portanto, a busca da promoção e da prevenção à saúde no ambiente laboral precisa ser inserida nas instituições públicas. O Mistério Público do Estado de Rondônia - MP/RO, foco do estudo, é responsável pela defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis, fato que enseja, na realidade jurídica e social, um trabalho constante e coordenado, com a finalidade de se promover com êxito suas tarefas, a qual exige equilíbrio psicológico, para que seja garantido o alcance de sua atribuição. Dessa forma, os profissionais atuam em uma vasta gama de situações, seja como partes em um processo, seja com fiscais da lei. Nessa perspectiva a pesquisa buscou identificar os riscos psicossociais do trabalho dos membros do Ministério Público do Estado de Rondônia, a partir do Protocolo de Avaliação dos Riscos Psicossociais no Trabalho (PROART), assim como avaliar aspectos da organização do trabalho destes trabalhadores e os danos físicos e psicossociais decorrentes da atividade, ainda analisar as condições em que o trabalho é fonte de prazer/sofrimento dos membros do MP/RO. Como método a pesquisa teve caráter exploratório-descritivo, com a utilização do método quantitativo. Participaram desta pesquisa os promotores e procuradores de Justiça do Estado de Rondônia, tanto da capital como do interior, perfazendo um total de 80 membros (60% do total). Utilizou-se como instrumento para a coleta de dados o Protocolo de Avaliação dos Riscos Psicossociais no Trabalho (PROART). Obtiveram-se 80 respostas, consideradas amostras válidas, após cálculo da amostra aleatória simples. Os dados quantitativos foram analisados através do programa SPSS e para as questões abertas, utilizou-se da análise de frequência das expressões mais utilizadas, por meio da ferramenta on line Tagul. No que diz respeito à organização prescrita do trabalho, observa-se que o Ministério Público é uma instituição que tem um sistema de controle rígido na divisão das tarefas, bem como nos controles e nas normas, e demonstra ser uma instituição a qual deixa os trabalhadores com pouca autonomia para manejar o ritmo e o tempo na realização das tarefas, ou seja, uma organização com características rígidas. Em relação à gestão, os resultados foram moderados para ambos os estilos, com uma prevalência ao estilo gerêncialista, mais com uma significativa representação do etilo coletivo. Já para os danos físicos e psicossociais, verificou-se maior existência de danos físicos, os sintomas fiscos-psicológicos mais descritos foram o desânimo, a frustação, o cansaço mental, o estresse e a ansiedade. Conclui-se que o exercício das atividades laborais pelos membros do Ministério Público do Estado de Rondônia é fator que gera riscos psicossociais, caracterizando um estado de sofrimento patogênico e consequentemente problemas de saúde, seja físico, psíquico ou social. Situação que sinaliza a necessidade de criar espaços de deliberação interno à organização do trabalho, para melhor compreensão das condições organizacionais em que o trabalho é realizado e diminuir as patologias de sobrecarga e o esgotamento mental, decorrente deste fatores.
Description: Dissertação apresentado ao Programa de Pós-graduação em Psicologia – Mestrado/MAPSI. Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Orientadora: Prof.ª Drª Vanderléia de Lurdes Dal Castel Schlindwein
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2452
Appears in Collections:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.