Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2459
Título: Síndrome de Bournout e estratégias de enfrentamento em docentes do Instituto Federal de Rondônia
Autores: Cavalcanti, Naianne Machado
Palavras-chave: Burnout
Docente
Professor
Síndrome de Burnout
Data de publicação: 2018
Citação: CAVALCANTI, Naianne Machado. Síndrome de Bournout e estratégias de enfrentamento em docentes do Instituto Federal de Rondônia. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós- Graduação em Psicologia. Fundação Universidade de Rondônia, 2018.
Resumo: A Síndrome de Burnout é um fenômeno que surge como uma resposta crônica a fatores interpessoais estressantes, que incidem sobre as condições de trabalho, levando o indivíduo a experimentar sentimentos de exaustão emocional, despersonalização e baixa realização profissional. Dessa forma, o objetivo desse estudo foi identificar a presença da síndrome de Burnout e sua associação com as estratégias de enfrentamento aos estressores laborais em docentes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia, campus Vilhena. A amostra foi composta por 40 docentes, que responderam os seguintes questionários: questionário sociodemográfico e profissional, Maslach Burnout Inventory e o Inventário de estratégias de coping de Folkman e Lazarus. Os resultados encontrados na pesquisa mostraram um elevado percentual de docentes com a síndrome de Burnout (62,50%) já instalada e um percentual considerável de docentes com tendência ao desenvolvimento da síndrome (17,50%). Considerando os objetivos específicos da pesquisa, os resultados revelam que 100% dos docentes apresentam sentimentos de Despersonalização (45% média Despersonalização e 55% alta Despersonalização), o que pode ser revelador de desgaste nas relações interpessoais, bem como estar comprometendo a sua sensibilidade emocional. No tocante à dimensão Exaustão Emocional, considerada a dimensão inicial e central da síndrome de Burnout, 55% dos professores apresentam resultados médios e altos (35% média Exaustão e 20% alta Exaustão). Em relação à Realização Profissional, 100% dos professores apresentam baixa Realização (2,50% média e 97,50% baixa Realização Profissional). Esta dimensão foi a que mostrou os resultados mais preocupantes, pois a baixa Realização está relacionada à avaliação negativa das atividades desempenhadas e das condições de trabalho, produzindo sentimentos de baixa autoestima e de insatisfação com o trabalho realizado. Esses resultados podem contribuir para ampliar a discussão a respeito da complexidade do trabalho docente e da multidimensionalidade do Burnout para que as instâncias responsáveis se posicionem frente à constatação do problema e passem a elaborar políticas públicas de atenção à saúde docente, pois atualmente a categoria docente vem sendo, na maioria das vezes, esquecida pelas políticas públicas de assistência ao trabalhador.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Psicologia (MAPSI). Fundação Universidade Federal de Rondônia. Orientador: Dr. Luís Alberto Lourenço de Matos
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2459
Aparece nas coleções:MAPSI/PVH - Mestrado em Psicologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Síndrome de Burnout e estratégias de enfrentamento - Naianne Machado.pdf950,94 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.