Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/3498
Title: Ensino de filosofia na Amazônia rondoniense: as percepções dos docentes no ensino técnico do Instituto Federal de Rondônia sobre sua prática
Authors: Gonçalves, Euliene da Silva
Keywords: Educação
Ensino técnico
Ensino de filosofia
Issue Date: 2019
Citation: GONÇALVES, Euliene da Silva. Ensino de filosofia na Amazônia rondoniense: as percepções dos docentes no ensino técnico do Instituto Federal de Rondônia sobre sua prática. 2019. 214f. Dissertação (Mestrado), Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE). Fundação Universidade Federal de Rondônia, 2019.
Abstract: Pressupõe o Brasil contemporâneo marcado pela sociedade tecnológica de economia capitalista. Identifica não haver literatura aprofundando o problema do ensino da Filosofia na Educação Profissional Técnica Média concomitante e subsequente. Objetiva analisar as percepções dos docentes de Filosofia na EPTM concomitante/subsequente do Instituo Federal de Rondônia sobre sua prática. Utiliza o método fenomenológico de abordagem qualitativa realizando pesquisa bibliográfica, documental e de campo por meio da coleta de dados dos Projetos Pedagógicos dos Cursos técnicos em questão, de grupo focal com os professores. Saviani (2008, 2010), Libâneo (1999, 2010a) e Gadotti (2000b, 2008) apresentam vários pensamentos pedagógicos que podem influenciar a prática docente. Através de Alves (2002, 2004, 2009) e Moraes Filho (1959) apresenta um panorama do ensino da Filosofia que historicamente esteve centrado na reprodução de informações via História da Filosofia e agora está relacionado à resolução de problemas. Resgata-se o conceito de currículo tradicional, crítico e pós-crítico com Silva (2005), Sacristán (2000), Sacristán e Gomez (1998) para a partir, especialmente, de Gallo (2004, 2006, 2009, 2012) e Rocha (2015), aprofundar a questão do currículo e do ensino de Filosofia centrada na história, nos temas e nos problemas. Conceitua Filosofia como busca do sentido que todos possuem o direito de exercitar. Percorre a história da Rede de Educação profissional para mostrar os Institutos Federais como uma estratégia inovadora e promissora para educação e a economia. Após análise dos dados coletados na pesquisa de campo percebe-se que a Filosofia se manifesta no ensino técnico, concomitante e subsequente, em sua variante ética no eixo de formação humana, com ementa favorecendo a abordagem crítica e pós-crítica; que a maior parte dos professores centra sua prática valorizando temas e problemas da Filosofia relacionando-a com o mundo do trabalho; que objetiva favorecer o início de um processo de reflexão sobre a realidade circundante; e que a técnica mais utilizada é a aula expositiva-dialogada e atividades que envolvam grupos de estudantes. Os professores do IFRO estão conseguindo ser uma esperança para os estudantes não se limitarem ao ensino puramente técnico por meio do ensino da Filosofia.
Description: Dissertação de Mestrado apresentada ao de Programa de Pós-Graduação Educação (PPGE), na Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), como requisito final para obtenção do título Mestre em Educação. Orientadora: Profª Drª Carmen Tereza Velanga.
URI: https://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/3498
Appears in Collections:PPGE/PVH - Mestrado Acadêmico em Educação (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf7,42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.